• Santos Populares em Portimão

    Notícias

    Santos Populares em Portimão

    Ler mais

  • Câmara Municipal de Portimão cede terreno para as novas instalações da Polícia Judiciária em Portimão

    Notícias

    Câmara Municipal de Portimão cede terreno para as novas instalações da Polícia Judiciária em Portimão

    Ler mais

  • Portimão é Candidata a Cidade Europeia do Desporto em 2019

    NOTÍCIAS

    Portimão é Candidata a Cidade Europeia do Desporto em 2019

    Ler mais

  • A não perder

    MOSTRA DE TEATRO - "Escolas em Cena"

    24 maio a 3 de junho 2017

    Pelo terceiro ano, o TEMPO apresenta uma mostra de teatro desenvolvido em contexto escolar com o apoio de professores que acreditam poder dar muito mais aos alunos do que simples aulas de voz, movimento e drama..

  • A não perder

    Marchas vão encantar nos Santos Populares em Portimão

    9 a 29 junho

    Junho é mês de Santos Populares e Portimão mantém e reinventa a tradição, preparando-se para viver 20 dias de grande animação, onde não faltarão os desfiles das Marchas Populares, os Arraiais na Antiga Lota e muita animação no centro histórico da cidade – a Rua Nova será invadida pelo cheiro da sardinha assada e pelos aromas dos manjericos.

  • A não perder

    Junho na Casa Manuel Teixeira Gomes

    junho 2017

    A Casa Manuel Teixeira Gomes é uma porta aberta à Cultura. O programa para o mês de abril é pautado por boa música, conferências e exposições que merecem a sua visita. Uma programação que privilegia, claramente, a opção pela diversidade. Este mês passe pela Rua Júdice Biker e descubra a oferta cultural que a CMTG preparou para si.

  • MOSTRA DE TEATRO -
  • Marchas vão encantar nos Santos Populares em Portimão
  • Junho na Casa Manuel Teixeira Gomes

Portimão está a comemorar os 43 anos da Revolução de Abril com um conjunto diversificado de iniciativas onde no dia 21 de abril, o desporto, o teatro e a história assumem um papel de relevo na evocação dos ideais da liberdade e da democracia.

Destaque para o Campeonato do Mundo de Fórmula 1 em Motonáutica que tem início às 14h00 com os Treinos Livres no estuário do Rio Arade na Zona Ribeirinha. A magia da alta velocidade regressa com o aliciante de incluir dois espetáculos desportivos imperdíveis, uma vez que junta a modalidade da F4 ao “prato principal” da F1. Com 9 equipas participantes de seis países diferentes e 18 grandes pilotos de 11 nacionalidades, a especialidade de F1 é a mais antiga, mais internacional e mais bem-sucedida da motonáutica.
 
Frederico Lourenço, galardoado com o Prémio Pessoa 2016 vai palestrar na Conferencia “Bíblia, História e Filosofia”, pelas 18h00, no Museu de Portimão. Organizada pelo Grupo de Filosofia da Escola Manuel Teixeira Gomes, este momento proporcionará a todos os interessados na Filosofia e no debate crítico de ideias uma excelente oportunidade para ouvirem e questionarem figuras de referência da Filosofia e Cultura nacionais. De referir que o Professor Frederico Lourenço é ficcionista, ensaísta, poeta e tradutor e é atualmente professor na Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra. Traduziu a Ilíada e a Odisseia de Homero e está de momento a trabalhar na tradução integral da Bíblia a partir dos textos originais em grego, de que foram já publicados dois volumes.

Pela noite, às 21h30, o teatro vai revolucionar o Grande Auditório do TEMPO com a peça “Portugal Não é Um País Pequeno” de André Amálio, um espetáculo de teatro documental que reflete a ditadura e a presença portuguesa em África, em particular a vida dos antigos colonos portugueses através dos seus testemunhos reais.

À mesma hora, mas na Casa Manuel Teixeira Gomes, a comemoração dos 43 anos da democracia merece que muitas histórias sejam contadas e recordadas através do Ciclo de Conferências “Histórias com História” este mês sob o mote “Eleições Livres e Assembleia Constituinte”. Os convidados são o deputado João Soares e o jornalista Horácio Vale César que com as suas experiências vão contar episódios essenciais para o conhecimento histórico do 25 de abril de 1975. Um ano depois da revolução de Abril de 1974, o País foi a votos nas primeiras eleições livres de toda a nossa História. O PS é o partido mais votado. É eleita a Assembleia Constituinte, que tem como principal missão aprovar a Constituição – a nossa lei fundamental. As datas são assim um bom pretexto para contar ao grande público algumas das histórias que fazem parte da História de Portugal.

Portimão comemora 43 anos da Revolução com “Abril Cores Mil” com cerca de 35 iniciativas entre elas cerimónias oficiais e festividades que merecem que se junte à festa. O programa poderá ser consultado em:
https://issuu.com/cm_portimao/docs/programa_25_de_abril_2017