• O Algarve num Copo

    A não perder

    O Algarve num Copo

    Ler mais

  • II Festival Internacional de Piano do Algarve

    A não perder

    II Festival Internacional de Piano do Algarve

    Ler mais

  • Revista do Boa Esperança

    A não perder

    Revista do Boa Esperança

    Ler mais

  • A não perder

    Apresentação do livro de Cláudia Luísa

    3 de março 2018

    A Biblioteca Municipal Manuel Teixeira Gomes recebe no dia 3 de março, pelas 17h30, Apresentação do livro “Teorias leigas em Pessoas Idosas, conhecer para intervir – manual para educadores sociais e cuidadores”, de Cláudia Cristina Guerreiro Luísa.

  • A não perder

    Fevereiro na Casa Manuel Teixeira Gomes

    Janeiro 2018

    A Casa Manuel Teixeira Gomes é uma porta aberta à Cultura. O programa para o mês de fevereiro é pautado por exposições e música que merecem a sua visita. Uma programação que privilegia, claramente, a opção pela diversidade.

  • A não perder

    Exposição Günter Grass: Encontros

    8 de dezembro a 4 de março

    No dia 8 de dezembro, pelas 16h00, inaugura no Museu de Portimão a exposição "Encontros", com obras plásticas do nobel alemão Günter Grass. No final da sua vida, Grass lamentava não poder viajar para Portugal por motivos de saúde. No seu último livro, "Vonne Endlichkait", escreveu: "Ah, meu Portugal perdido, como sinto falta da tua costa sudoeste".

  • NOTÍCIA

    Startup Portimão lança o primeiro Bootcamp de Empreendedorismo no Algarve

    fevereiro e março 2018

    Startup Portimão, incubadora de negócios do município de Portimão, especialmente direcionada para as temáticas das “Smart Cities” lança o primeiro Bootcamp de Empreendedorismo no Algarve, constituído por um programa gratuito de 30 horas de formação a ter lugar durante os meses de fevereiro e março, culminando com dois dias intensos, com vista a capacitar os participantes na área do empreendedorismo e permitir que desenvolvam os seus modelos de negócio e planos de implementação.

  • A não perder

    Ateliers na Quinta Pedagógica

    Fevereiro

    A Quinta Pedagógica de Portimão é um espaço de reaproximação ao campo, à vivência e aos valores do mundo rural, tão importantes para o crescimento de uma população urbana cada vez mais afastada desta realidade.Fique a par dos Ateliêrs do mês de dezembro. Uma boa sugestão para crianças e famílias.

  • A não perder

    Exposição 17ª Corrida Fotográfica

    Até 15 de abril

    Conheça os melhores trabalhos premiados durante a 17ª Corrida Fotográfica de Portimão.

  • Apresentação do livro de Cláudia Luísa
  • Fevereiro na Casa Manuel Teixeira Gomes
  • Exposição Günter Grass: Encontros
  • Startup Portimão lança o primeiro Bootcamp de Empreendedorismo no Algarve
  • Ateliers na Quinta Pedagógica
  • Exposição 17ª Corrida Fotográfica

A Câmara Municipal de Portimão torna público que, no seguimento da adoção do plano de requalificação das principais vias do concelho, a avenida Lourenço da Barrosa (V6) – a principal artéria da cidade de Portimão – será também alvo de uma intervenção. Esta terá como objetivo a requalificação paisagística do separador central existente entre a Rotunda da Pedra Mourinha e a Rotunda dos Três Castelos, numa extensão de aproximadamente 2,650 Km.

Empreitada de requalificação paisagística durará 90 dias e representará um investimento de cerca de 70 mil euros

A Avenida São Lourenço da Barrosa constitui, como referido, o eixo principal de acesso à cidade de Portimão. Atualmente é um espaço descaracterizado e pouco apelativo do ponto de vista estético, ao longo do qual se encontram maciços de vegetação distribuídos de forma algo aleatória. Pretende-se que a presente intervenção, em conjunto com outras intervenções que já foram realizadas noutras vias da cidade, contribua para a melhoria da qualidade do espaço público urbano através da criação de áreas mais apelativas, com baixos custos de manutenção.

Assim, a proposta incidirá fundamentalmente sobre a redefinição de zonas plantadas que vão intercalar com zonas pavimentadas, onde serão feitas reparações ao nível da estrutura do separador nas áreas em que este se encontra danificado.
A intervenção tem um prazo máximo de duração de 90 dias e será feita no sentido sul-norte, ou seja, começar-se-á por reabilitar o espaço junto à rotunda dos Três Castelos e Espaços Adjacentes ao Edifício Oceano Atlântico posto o que se avançará no sentido das rotundas do Continente e da Pedra Mourinha. A empreitada tem um valor estimado de 70 mil euros.

Esta intervenção não implicará nem cortes nem desvios de trânsito, somente condicionamentos pontuais que serão devidamente assinalados no local. No entanto, caso os munícipes queiram reportar alguma ocorrência ou situação anormal poderão fazê-lo para o seguinte endereço de correio eletrónico: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar..