• O Algarve num Copo

    A não perder

    O Algarve num Copo

    Ler mais

  • II Festival Internacional de Piano do Algarve

    A não perder

    II Festival Internacional de Piano do Algarve

    Ler mais

  • Revista do Boa Esperança

    A não perder

    Revista do Boa Esperança

    Ler mais

  • A não perder

    Apresentação do livro de Cláudia Luísa

    3 de março 2018

    A Biblioteca Municipal Manuel Teixeira Gomes recebe no dia 3 de março, pelas 17h30, Apresentação do livro “Teorias leigas em Pessoas Idosas, conhecer para intervir – manual para educadores sociais e cuidadores”, de Cláudia Cristina Guerreiro Luísa.

  • A não perder

    Fevereiro na Casa Manuel Teixeira Gomes

    Janeiro 2018

    A Casa Manuel Teixeira Gomes é uma porta aberta à Cultura. O programa para o mês de fevereiro é pautado por exposições e música que merecem a sua visita. Uma programação que privilegia, claramente, a opção pela diversidade.

  • A não perder

    Exposição Günter Grass: Encontros

    8 de dezembro a 4 de março

    No dia 8 de dezembro, pelas 16h00, inaugura no Museu de Portimão a exposição "Encontros", com obras plásticas do nobel alemão Günter Grass. No final da sua vida, Grass lamentava não poder viajar para Portugal por motivos de saúde. No seu último livro, "Vonne Endlichkait", escreveu: "Ah, meu Portugal perdido, como sinto falta da tua costa sudoeste".

  • NOTÍCIA

    Startup Portimão lança o primeiro Bootcamp de Empreendedorismo no Algarve

    fevereiro e março 2018

    Startup Portimão, incubadora de negócios do município de Portimão, especialmente direcionada para as temáticas das “Smart Cities” lança o primeiro Bootcamp de Empreendedorismo no Algarve, constituído por um programa gratuito de 30 horas de formação a ter lugar durante os meses de fevereiro e março, culminando com dois dias intensos, com vista a capacitar os participantes na área do empreendedorismo e permitir que desenvolvam os seus modelos de negócio e planos de implementação.

  • A não perder

    Ateliers na Quinta Pedagógica

    Fevereiro

    A Quinta Pedagógica de Portimão é um espaço de reaproximação ao campo, à vivência e aos valores do mundo rural, tão importantes para o crescimento de uma população urbana cada vez mais afastada desta realidade.Fique a par dos Ateliêrs do mês de dezembro. Uma boa sugestão para crianças e famílias.

  • A não perder

    Exposição 17ª Corrida Fotográfica

    Até 15 de abril

    Conheça os melhores trabalhos premiados durante a 17ª Corrida Fotográfica de Portimão.

  • Apresentação do livro de Cláudia Luísa
  • Fevereiro na Casa Manuel Teixeira Gomes
  • Exposição Günter Grass: Encontros
  • Startup Portimão lança o primeiro Bootcamp de Empreendedorismo no Algarve
  • Ateliers na Quinta Pedagógica
  • Exposição 17ª Corrida Fotográfica

Portimão assinala amanhã, dia 13 de fevereiro, pelas 11h00 o “Dia Mundial da Rádio” com o lançamento do Livro "A Rádio Que Ouviu Portimão", da autoria de Paulo Correia & Emanuel Valente. Um livro que recorda os tempos em que a Rádio ouviu Portimão, com testemunhos de muitos os que lá fizeram programas.

Na ocasião vão estar presentes antigos locutores, colaboradores, produtores e diretores de uma rádio que marcou durante 10 anos o pulsar de uma cidade. Isilda Gomes, Presidente da Câmara Municipal de Portimão irá marcar presença no lançamento desta obra.

O livro “A Rádio que ouviu Portimão” regista as memórias de muitos colaboradores da Rádio Portimão que, entre 1985 e 1988, teve um grande fenómeno de popularidade. As chamadas “rádio piratas” foram um dos grandes fenómenos da comunicação social surgidos na década de 1980. Algumas tornaram-se grandes fenómenos de popularidade, como a Rádio Portimão, que funcionou de 1985 a 1988, altura em que, como todas as outras, foi obrigada a desligar os seus emissores para que tivesse lugar o processo de legalização.

Acabou por não conseguir obter o ambicionado alvará, não voltou a emitir, mas ficou para sempre na memória de muitos algarvios.
No âmbito das comemorações do Dia Mundial da Rádio declarado em 2012 pela UNESCO, esta terça-feira, dia 13 de fevereiro, a Casa Inglesa, local de inúmeras emissões numa Roulotte nos verões dos Anos 80, será palco de uma celebração singular com o intuito de dar voz a todos os envolvidos num projeto que fez história no concelho de Portimão.

A Rádio de Portimão foi uma plataforma de debate e comunicação, de promoção cultural e de informação em situações de emergência social. Foi uma plataforma para divulgar artistas, talentos, factos e histórias. 30 anos depois celebra-se a rádio em livro e recorda-se memórias da Rádio Portimão que, nos anos 80, faziam parte da vida do município. Um momento de excelência que lembra colaboradores, ouvintes, anunciantes e fundadores no Dia Mundial da Rádio.