Rua das "Lojas" em Portimão ganha sombra e frescura

Começaram na passada sexta-feira, dia 23 de junho, os trabalhos de colocação de velas de sombreamento da principal zona de comércio tradicional em Portimão, estimando-se que num prazo de 15 dias estejam concluídos.

Na intervenção tem um custo de 73.300 euros, pretende contribuir para a revitalização do “coração” da cidade, abrangendo as Ruas do Comércio (troço entre a Alameda e o Largo da Mó) e Vasco da Gama, que no último mês receberam os trabalhos de preparação de colocação destas velas, através de instalação das estruturas de fixação, que permitem que os panos de sombra possam ser facilmente removidos em caso de se efetuar trabalhos de reparação/manutenção de fachadas ou de iluminação pública.

De referir que a instalação destas velas irá permitir proteção climática uma vez que vão proporcionar abrigo e conforto em condições climatéricas tais como sol, chuva e vento, sendo que por outro lado a translucidez do material permite a manutenção dos níveis de iluminação natural e a preservação da leitura global das fachadas.
Outra particularidade prende-se com a conceção das velas que foram elaboradas em função das características urbanas dos locais e considerando os ventos dominantes, daí que nenhuma das velas instaladas seja igual entre si, apresentando-se com áreas diferentes face às especificidades dos locais a sombrear.

A Câmara de Portimão não coloca de parte a extensão deste projeto de velas de sombreamento a outras zonas, sendo que a Junta de Freguesia de Portimão demonstrou desde já disponibilidade para a aquisição de mais velas para o troço compreendido entre o Largo da Mó e a Rua Infante D. Henrique.