Portimão implementa 14 medidas de antecipação no âmbito da ativação Plano Municipal de Emergência de Proteção Civil

Após ativação automática do Plano Municipal de Emergência de Proteção Civil, a Comissão Municipal, que reuniu extraordinariamente este sábado de manhã, determinou a implementação de 14 medidas de antecipação.

Na sequência da declaração de situação de calamidade, declarada na passada sexta-feira, 18 de agosto, pelo Governo, para parte do território nacional devido aos Incêndios Florestais, onde se inclui o concelho de Portimão, e ao abrigo da Lei de Bases de Proteção Civil, a Presidente da Câmara Municipal de Portimão, Isilda Gomes, enquanto Presidente da Comissão Municipal de Proteção Civil, convocou esta estrutura de coordenação institucional para uma reunião extraordinária que teve lugar este sábado de manhã, 19 de agosto, da qual resultou a implementação imediata de 14 medidas de prevenção e antecipação, em vigor até às 24h00 da próxima segunda-feira, 21 de agosto.

Reforço da vigilância e patrulhamento das áreas rurais em coordenação com a GNR, PSP, Autoridade Marítima e Forças Armadas, proibição da utilização de fogo-de-artifício, suspendendo todas as autorizações de lançamento na área do concelho, emissão de informação pública, com difusão de avisos regulares à população e distribuição de folhetos e sensibilização da população residente em meio rural, mobilização de todo o efetivo do corpo dos Bombeiros de Portimão e de todos os funcionários municipais para apoio e sustentação logística do dispositivo excecional implementado, pré-posicionamento de meios de reforço ao dispositivo especial de combate a incêndios florestais em zonas estratégicas e zonas de maior perigo, monitorização permanente e aérea da situação no território do concelho, reforço da capacidade logística de meios e recursos de apoio e sustentação, disponíveis 24 horas/dia, e coordenação integrada e centralizada na Sala de Operações e Comunicações do Centro Municipal de proteção Civil e Socorro de Portimão do sistema integrado de emergência médica, com inclusão, ainda, dos Operadores de Telecomunicações de Emergência de outros agentes de proteção civil são algumas das medidas de antecipação tomadas, com vista ao reforço de meios e recursos face à avaliação do risco de incêndio florestal no concelho, e para eventual apoio à Região do Algarve.

Consulte aqui todas as Medidas de Antecipação implementadas.

 

Avisos à População:

Email