• 357ª Feira de São Martinho

    A não perder

    357ª Feira de São Martinho

    Ler mais

  • I Jornadas Sociais de Portimão

    Notícias

    I Jornadas Sociais de Portimão

    Ler mais

  • IV Festival Internacional de Piano do Algarve

    A não perder

    IV Festival Internacional de Piano do Algarve

    Ler mais

  • A não perder

    357ª Feira de São Martinho

    8 a 17 de novembro

    Neste que é um dos polos incontornáveis de animação outonal no concelho, e que volta a ter lugar, como habitual, no Parque de Feiras e Exposições de Portimão, não vão faltar as tradicionais castanhas assadas, as farturas, as pipocas, o pão com chouriço e outros petiscos tentadores nos bares e tasquinhas existentes no recinto, assim como vários espaços de animação com jogos diversos, ‘carrinhos de choque’ e carrosséis, numa feira que promete fazer as delícias de miúdos e graúdos.

  • A não perder

    Teatro-documentário "Pelos que andam sobre as águas do mar"

    19 de novembro

    Inspirado na obra “Os Pescadores”, de Raul Brandão, no trabalho de investigação realizado nas comunidades piscatórias de Portimão, Nazaré, Sesimbra, Setúbal e Montijo, e na investigação antropológica de Vanessa Amorim, o projeto tem o Museu de Portimão como parceiro, conta com a participação das atrizes Ana Lúcia Palminha e Suzana Branco e é encenado por Miguel Jesus.

  • A não perder

    Histórias na Quinta

    23 de novembro

    Como novidade nos ateliês, a Quinta Pedagógica irá iniciar uma nova atividade de sábado, as “Histórias na Quinta”, onde a Biblioteca Municipal vem à Quinta ler histórias.

  • A não perder

    Ateliê Grandes e Pequenos "A fada Oriana” de Sophia de M. Breyner Andresen

    16 de novembro

    Em A Fada Oriana, encontramos o dom da proteção sobre os seres mais frágeis que vivem numa floresta, encontramos as tão humanas oscilações entre a solidariedade, o sentido da responsabilidade e o egoísmo e a vaidade. Encontramos, como é próprio de muitos contos tradicionais e para a infância, as peripécias de uma luta entre o bem e o mal.

  • A não perder

    Apresentação do livro “Crónicas ao correr do tempo” de João Miguel Cunha

    23 de novembro

    Desde jovem tem desenvolvido o gosto pela escrita. Os contactos com gente diferente, em terras diferentes, serviram de inspiração para passar ao papel uma série de crónicas, pequenas histórias e impressões de viagem que, agora, na serenidade da aposentadoria, editou no livro “Crónicas ao correr do Tempo”.

  • Notícias

    Programação Desportiva CED 2019 - Novembro

    1 a 30 novembro

    Conheça a programação do mês de novembro na CED 2019.

  • A Não Perder

    Exposição "João César, A Magia do Acordeão"

    Até 24 de novembro

    Uma homenagem da Câmara Municipal de Portimão e do Executivo da Junta de Freguesia de Portimão ao acordeonista portimonense, que começou a tocar aos 16 anos a solo, e também em conjuntos musicais por todo o país.

  • 357ª Feira de São Martinho
  • Teatro-documentário
  • Histórias na Quinta
  • Ateliê Grandes e Pequenos
  • Apresentação do livro “Crónicas ao correr do tempo” de João Miguel Cunha
  • Programação Desportiva CED 2019 - Novembro
  • Exposição

Na altura em que se avizinha o início do período crítico da Defesa da Floresta Contra Incêndios, a Proteção Civil Municipal prepara uma Brigada de Rescaldo para Incêndios Rurais, a par das medidas preventivas levadas a efeito no espaço rural.

No âmbito do aprontamento das forças previstas no Plano Operacional Municipal (POM) para os Incêndios Rurais de Portimão, para o ano 2019, o Serviço Municipal de Proteção Civil começou no mês transato a preparar uma Brigada de Rescaldo, direcionada para operações de consolidação da extinção de incêndios rurais que atinjam maiores dimensões, e cujo perímetro mereça uma unidade dedicada para reforçar as medidas conducentes à não reativação do incêndio, impedindo possíveis reacendimentos.

Esta Brigada, dotada de comando próprio, é constituída pela equipa de Sapadores Florestais da Câmara Municipal, uma equipa de Bombeiros e uma Máquina de Rastos, e será sustentada no uso de ferramentas manuais e mecânicas, complementada por veículos ligeiros de combate, e um drone com câmara térmica para identificar eventuais pontos quentes impercetíveis.
Destaca-se ainda a inclusão de operacionais de queima que poderão constituir um apoio ao Comandante das Operações de Socorro (COS) no eventual uso do fogo em ações de supressão, técnica fundamental em teatros de operações de maior envergadura.
O treino operacional desta unidade especial decorrerá durante todo o mês de junho e prevê ações práticas no terreno, assegurando, desta forma, a prontidão desta Brigada para o período crítico da Defesa da Floresta Contra Incêndios (DFCI).
A apresentação oficial desta valência do dispositivo municipal, assim como de todos os meios do Município de Portimão que materializam a resposta aos incêndios rurais, está agendada para o próximo dia 1 de julho, pelas 18h00, nas instalações do Gimnodesportivo da Mexilhoeira Grande, na sequência da visita do executivo municipal aos trabalhos de prevenção no espaço rural do concelho, em antecipação ao período historicamente mais vulnerável à ocorrência de incêndios.

Também no âmbito do combate e prevenção de Incêndios Rurais foi ativado, desde o passado dia 15 de maio, o Destacamento Sazonal de Defesa da Floresta Contra Incêndios (DFCI) da Senhora do Verde (Mexilhoeira Grande), instituído para o período crítico desde o Verão de 2014, onde se encontra preposicionada em permanência uma equipa de cinco Bombeiros e um veículo de combate. Esta medida é responsável pela redução em 10 minutos no tempo médio de chegada do 1.º meio ao local da ocorrência, nomeadamente na área de maior perigo do concelho.

Desde o passado dia 11 de maio, e tendo em conta o quadro meteorológico que se tem registado na região, foram ainda reforçados os meios afetos ao Dispositivo Especial de Combate a Incêndios Rurais (DECIR), procurando, desta forma, aumentar a prontidão através de medidas operacionais de antecipação, e reduzir o tempo de chegada às ocorrências e consequentemente a resolução das mesmas na fase inicial. Neste âmbito, e sempre que elevado o nível de alerta, também a máquina de rastos do Município será preposicionada na zona do Rasmalho.

De referir ainda que a Equipa de Sapadores Florestais da Câmara Municipal, que desde 11 de maio também tem assegurado diariamente uma vigilância ativa, está agora dotada de formação adequada para realizar ações de 1ª intervenção e apoiar as operações de combate aos incêndios, após um percurso pedagógico que culminou no mês transato, através de uma parceria com o Instituto de Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) e o Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP), e que viabilizou a qualificação destes cinco operacionais, recentemente admitidos por concurso para a estrutura da Câmara Municipal de Portimão.

0
0
0
s2sdefault