• 357ª Feira de São Martinho

    A não perder

    357ª Feira de São Martinho

    Ler mais

  • I Jornadas Sociais de Portimão

    Notícias

    I Jornadas Sociais de Portimão

    Ler mais

  • IV Festival Internacional de Piano do Algarve

    A não perder

    IV Festival Internacional de Piano do Algarve

    Ler mais

  • A não perder

    357ª Feira de São Martinho

    8 a 17 de novembro

    Neste que é um dos polos incontornáveis de animação outonal no concelho, e que volta a ter lugar, como habitual, no Parque de Feiras e Exposições de Portimão, não vão faltar as tradicionais castanhas assadas, as farturas, as pipocas, o pão com chouriço e outros petiscos tentadores nos bares e tasquinhas existentes no recinto, assim como vários espaços de animação com jogos diversos, ‘carrinhos de choque’ e carrosséis, numa feira que promete fazer as delícias de miúdos e graúdos.

  • A não perder

    Teatro-documentário "Pelos que andam sobre as águas do mar"

    19 de novembro

    Inspirado na obra “Os Pescadores”, de Raul Brandão, no trabalho de investigação realizado nas comunidades piscatórias de Portimão, Nazaré, Sesimbra, Setúbal e Montijo, e na investigação antropológica de Vanessa Amorim, o projeto tem o Museu de Portimão como parceiro, conta com a participação das atrizes Ana Lúcia Palminha e Suzana Branco e é encenado por Miguel Jesus.

  • A não perder

    Histórias na Quinta

    23 de novembro

    Como novidade nos ateliês, a Quinta Pedagógica irá iniciar uma nova atividade de sábado, as “Histórias na Quinta”, onde a Biblioteca Municipal vem à Quinta ler histórias.

  • A não perder

    Ateliê Grandes e Pequenos "A fada Oriana” de Sophia de M. Breyner Andresen

    16 de novembro

    Em A Fada Oriana, encontramos o dom da proteção sobre os seres mais frágeis que vivem numa floresta, encontramos as tão humanas oscilações entre a solidariedade, o sentido da responsabilidade e o egoísmo e a vaidade. Encontramos, como é próprio de muitos contos tradicionais e para a infância, as peripécias de uma luta entre o bem e o mal.

  • A não perder

    Apresentação do livro “Crónicas ao correr do tempo” de João Miguel Cunha

    23 de novembro

    Desde jovem tem desenvolvido o gosto pela escrita. Os contactos com gente diferente, em terras diferentes, serviram de inspiração para passar ao papel uma série de crónicas, pequenas histórias e impressões de viagem que, agora, na serenidade da aposentadoria, editou no livro “Crónicas ao correr do Tempo”.

  • Notícias

    Programação Desportiva CED 2019 - Novembro

    1 a 30 novembro

    Conheça a programação do mês de novembro na CED 2019.

  • A Não Perder

    Exposição "João César, A Magia do Acordeão"

    Até 24 de novembro

    Uma homenagem da Câmara Municipal de Portimão e do Executivo da Junta de Freguesia de Portimão ao acordeonista portimonense, que começou a tocar aos 16 anos a solo, e também em conjuntos musicais por todo o país.

  • 357ª Feira de São Martinho
  • Teatro-documentário
  • Histórias na Quinta
  • Ateliê Grandes e Pequenos
  • Apresentação do livro “Crónicas ao correr do tempo” de João Miguel Cunha
  • Programação Desportiva CED 2019 - Novembro
  • Exposição

Pelo despacho nº 5501, datado de 22 de maio último e publicado em Diário da República na edição do passado dia de 6 de junho, a Secretaria de Estado da Juventude e do Desporto reconhece o interesse público do projeto Portimão – Cidade Europeia do Desporto 2019.

No documento é realçado o facto de o município de Portimão dispor de “inúmeras organizações fortemente ativas e de diversas associações ligadas a mais de 60 modalidades desportivas que dinamizam e promovem regularmente atividades desportivas que envolvem anualmente milhares de pessoas nos vários espectros do desporto e da atividade física, desde o lazer, passando pelo desporto de recreação e pelo desporto de alto rendimento.”

Também é relevada a realização ao longo deste ano de “um vasto leque de eventos desportivos em diversas modalidades, quer envolvendo prática formal e informal, quer envolvendo ações científicas e formativas”, os quais “assumem natureza local, regional, nacional e internacional, abrangendo diversos escalões etários, promovendo um convívio e partilha intergeracionais de enorme riqueza e valor para o sistema desportivo.” 

“Os quatro eixos estratégicos de intervenção pretendem que os portimonenses sejam mais ativos, que o espaço desportivo seja de todos, que a oferta de atividades tenha por base a qualidade e a excelência e que o desporto se assuma como um verdadeiro produto turístico”, pode ler-se no despacho, assinado pelo secretário de Estado da Juventude e do Desporto, João Paulo Rebelo.

Na verdade, os números falam por si e durante os primeiros seis meses de 2019, a Cidade Europeia do Desporto recebeu 315 atividades em 60 modalidades, envolvendo 52230 participantes de todas as idades, tendo sido já ultrapassados os 40 mil previstos para todo o ano.

0
0
0
s2sdefault