• 357ª Feira de São Martinho

    A não perder

    357ª Feira de São Martinho

    Ler mais

  • I Jornadas Sociais de Portimão

    Notícias

    I Jornadas Sociais de Portimão

    Ler mais

  • IV Festival Internacional de Piano do Algarve

    A não perder

    IV Festival Internacional de Piano do Algarve

    Ler mais

  • A não perder

    357ª Feira de São Martinho

    8 a 17 de novembro

    Neste que é um dos polos incontornáveis de animação outonal no concelho, e que volta a ter lugar, como habitual, no Parque de Feiras e Exposições de Portimão, não vão faltar as tradicionais castanhas assadas, as farturas, as pipocas, o pão com chouriço e outros petiscos tentadores nos bares e tasquinhas existentes no recinto, assim como vários espaços de animação com jogos diversos, ‘carrinhos de choque’ e carrosséis, numa feira que promete fazer as delícias de miúdos e graúdos.

  • A não perder

    Teatro-documentário "Pelos que andam sobre as águas do mar"

    19 de novembro

    Inspirado na obra “Os Pescadores”, de Raul Brandão, no trabalho de investigação realizado nas comunidades piscatórias de Portimão, Nazaré, Sesimbra, Setúbal e Montijo, e na investigação antropológica de Vanessa Amorim, o projeto tem o Museu de Portimão como parceiro, conta com a participação das atrizes Ana Lúcia Palminha e Suzana Branco e é encenado por Miguel Jesus.

  • A não perder

    Histórias na Quinta

    23 de novembro

    Como novidade nos ateliês, a Quinta Pedagógica irá iniciar uma nova atividade de sábado, as “Histórias na Quinta”, onde a Biblioteca Municipal vem à Quinta ler histórias.

  • A não perder

    Ateliê Grandes e Pequenos "A fada Oriana” de Sophia de M. Breyner Andresen

    16 de novembro

    Em A Fada Oriana, encontramos o dom da proteção sobre os seres mais frágeis que vivem numa floresta, encontramos as tão humanas oscilações entre a solidariedade, o sentido da responsabilidade e o egoísmo e a vaidade. Encontramos, como é próprio de muitos contos tradicionais e para a infância, as peripécias de uma luta entre o bem e o mal.

  • A não perder

    Apresentação do livro “Crónicas ao correr do tempo” de João Miguel Cunha

    23 de novembro

    Desde jovem tem desenvolvido o gosto pela escrita. Os contactos com gente diferente, em terras diferentes, serviram de inspiração para passar ao papel uma série de crónicas, pequenas histórias e impressões de viagem que, agora, na serenidade da aposentadoria, editou no livro “Crónicas ao correr do Tempo”.

  • Notícias

    Programação Desportiva CED 2019 - Novembro

    1 a 30 novembro

    Conheça a programação do mês de novembro na CED 2019.

  • A Não Perder

    Exposição "João César, A Magia do Acordeão"

    Até 24 de novembro

    Uma homenagem da Câmara Municipal de Portimão e do Executivo da Junta de Freguesia de Portimão ao acordeonista portimonense, que começou a tocar aos 16 anos a solo, e também em conjuntos musicais por todo o país.

  • 357ª Feira de São Martinho
  • Teatro-documentário
  • Histórias na Quinta
  • Ateliê Grandes e Pequenos
  • Apresentação do livro “Crónicas ao correr do tempo” de João Miguel Cunha
  • Programação Desportiva CED 2019 - Novembro
  • Exposição

O Município de Portimão chegou a acordo com a EMPARK e vai passar a gerir 400 lugares de estacionamento tarifado, situados na zona central de Portimão e no Largo do Dique. Esta situação vem na sequência do resgate da concessão desses mesmos espaços celebrado recentemente entre o Município e aquela empresa concessionária, que desde o ano de 2000 explora os respetivos parcómetros à superfície.

Esta transmissão das posições contratuais da concessionária reverterá a favor da EMARP e permitirá a devolução à gestão pública de uma área nevrálgica do centro da cidade e da zona ribeirinha de Portimão.

De referir que a EMARP possui poderes de gestão dos espaços municipais de estacionamento de veículos, incluindo os necessários à gestão, exploração e manutenção de locais de estacionamento público, dispondo de pessoal com competências técnicas e equipamentos adequados ao efeito.

A autarquia definiu que a gestão desta atividade por parte da EMARP para esta zona da cidade deverá consagrar, no âmbito da revisão do regulamento de estacionamento, uma redução tarifária, bem como uma redução do total de horas tarifadas e de lugares tarifados. Além disso, deverá ser promovida a rotação de estacionamento tarifado nas épocas do ano e zonas em que se verifique que a oferta de estacionamento não é suficiente face à procura observada.

A proposta de remuneração e de intervenção para a zona ribeirinha e centro de Portimão, a apresentar pela EMARP à Câmara Municipal de Portimão a curto prazo, deverá ainda permitir a recuperação dos encargos com o resgate num período inferior a dez anos e incluir os períodos e horários tarifados, tarifa e modelo económico e financeiro, tendo em consideração a definição de dois períodos anuais – de outubro a maio (época baixa) e de junho a setembro (época alta).

Sendo o resgate de estacionamentos concessionados uma das principais bandeiras da candidatura da presidente da Câmara de Portimão, Isilda Gomes, nas últimas eleições autárquicas, o Município encontra-se neste momento em conversações no sentido de resgatar a concessão de exploração de parcómetros à superfície a cargo da SABA, a outra entidade concessionária a operar na cidade.

0
0
0
s2sdefault