• Seminário EDUCAR...o Quê, Como e Onde?

    A Não Perder

    Seminário EDUCAR...o Quê, Como e Onde?

    Ler mais

  • Música p’ra nanar na Biblioteca

    A não perder

    Música p’ra nanar na Biblioteca

    Ler mais

  • Ilustres desconhecidos | Concerto para Piano de Joly Braga Santos

    A não perder

    Ilustres desconhecidos | Concerto para Piano de Joly Braga Santos

    Ler mais

  • A não perder

    Ateliêr Grandes e Pequenos “A última paragem" de Matt de la Peña

    18 de janeiro

    Esta viagem, cheia da energia de uma cidade movimentada, dá relevo a um olhar maravilhoso, que só pode ser partilhado entre avós e netos, ganhando vida através da escrita vibrante de Matt de la Peña e das ilustrações radiantes de Christian Robinson.

  • A não perder

    Músicas às Terças | Audições comentadas por João Miguel Cunha

    Janeiro a março 2020

    De forma a abordar temas que despertem o público para uma audição mais consciente da música, João Miguel Cunha propõe-se comentar semanalmente obras de grandes compositores, com o suporte de vídeo e áudio. Os assistentes serão exortados a colaborar, colocando perguntas ou expressando ideias ou emoções, no sentido de se criar uma verdadeira tertúlia.

  • A não perder

    Histórias na Quinta

    25 de janeiro

    Como novidade nos ateliês, a Quinta Pedagógica irá iniciar uma nova atividade de sábado, as “Histórias na Quinta”, onde a Biblioteca Municipal vem à Quinta ler histórias.

  • A não perder

    Clube de Escrita Criativa para Jovens

    24 janeiro, 21 fevereiro e 6 e 20 de março 2020

    Este clube de escrita criativa tem como objetivo fomentar desde cedo nos jovens o prazer pela escrita. Será um espaço de troca de experiências e criações literárias em que o gosto pela leitura será também bem marcado.

  • A não perder

    Exposição da 19ª Corrida Fotográfica de Portimão

    7 de dezembro a 12 de abril 2020

    A exposição dos trabalhos premiados da 19ª Corrida Fotográfica de Portimão, maior maratona fotográfica a sul do Tejo – bem como a entrega dos prémios aos vencedores, está marcada para sábado, dia 7 de dezembro, às 17h00, no Museu de Portimão e estará integrado no programa oficial das Comemorações do Dia da Cidade de Portimão.

  • A não perder

    Música p’ra nanar na Biblioteca

    8 fevereiro, 14 março, 23 maio e 13 junho

    Nestas sessões de música pretende-se proporcionar à criança momentos lúdicos que o irão preparar para futuramente entender melhor a música, expressando as suas próprias ideias musicais de forma autónoma e independente.

  • A não perder

    Exposição "Estuários" de Arlindo Arez

    Até 23 de fevereiro

    Nesta exposição, o público tem a oportunidade de experienciar o trabalho desenvolvido recentemente por Arlindo Arez, artista conterrâneo e contemporâneo, de reconhecimento internacional. O tema da exposição - ESTUÁRIOS - pretende enquadrar estes trabalhos, abstratos, por conceção, numa linhagem histórica de pintura de paisagem, reinterpretada, como é claro, num registo identificável numa corrente de Expressionismo Abstrato.

  • A não perder

    Em janeiro na Casa Manuel Teixeira Gomes

    11 a 31 de Janeiro

    Em janeiro assinala-se na Casa Manuel Teixeira Gomes o bicentenário do nascimento do Báb - uma das figuras centrais da Fé Bahá'í - que preparou o mundo para a vinda de Bahá'u'lláh, o prometido de todas as épocas. Em apenas 6 anos, o impacto que a Sua vida e obra geraram foi tal que, 200 anos depois, milhões de pessoas no mundo inteiro desejam celebrar e homenagear a Sua vida e Missão.|| Consulte também a restante programação.

  • A não perder

    Hora de Conto com Autores “A aventura da pulguinha Aurora”

    1 de fevereiro

    Aurora é uma pequena pulga que se perde dos seus pais e embarca numa aliciante aventura para encontrar o caminho de volta a casa. Junta-te a ela nesta viagem e ajuda-a a decifrar o enigma que a levará ao encontro da sua família.

  • Ateliêr Grandes e Pequenos “A última paragem
  • Músicas às Terças | Audições comentadas por João Miguel Cunha
  • Histórias na Quinta
  • Clube de Escrita Criativa para Jovens
  • Exposição da 19ª Corrida Fotográfica de Portimão
  • Música p’ra nanar na Biblioteca
  • Exposição
  • Em janeiro na Casa Manuel Teixeira Gomes
  • Hora de Conto com Autores “A aventura da pulguinha Aurora”

A exposição dos trabalhos premiados da 19ª Corrida Fotográfica de Portimão, maior maratona fotográfica a sul do Tejo – bem como a entrega dos prémios aos vencedores, está marcada para sábado, dia 7 de dezembro, às 17h00, no Museu de Portimão.

Neste mesmo dia, inaugura a Exposição de escultura e pintura “Estuários” de Arlindo Arez. Ambas as exposições estão integradas no Programa Oficial do 95ª Aniversário da elevação de Portimão a cidade.
A 19ª Corrida Fotográfica de Portimão, contou este ano para além da corrida diurna de 12 horas com uma edição especial noturna e diurna durante 24 horas, na qual se inscreveram 83 amantes da fotografia, não apenas do Algarve, mas de vários pontos do País e de diversas nacionalidades designadamente do Brasil.

No decorrer da prova, os participantes tiveram oportunidade de registar, através da sua criatividade fotográfica, um renovado olhar sobre o património cultural e natural municipal, atividades, vivências e pormenores de Portimão, numa ambiência e luminosidade diurna e noturna.

Os principais vencedores, a quem serão entregues os prémios imediatamente antes da abertura da exposição, foram Francisco Martins (1º prémio), Alfredo Gomes (2º) Josué Marques (3º) e Luís Conceição (4º). A vencedora do Prémio Jovem foi Daniela dos Reis.

Além das imagens vencedoras, a mostra integrará igualmente as catorze melhores fotos de cada um dos oito temas diurnos e dos seis noturnos e um prémio especial do Júri atribuído a Joana Pires.

A exposição pode ser visitada até ao dia 12 de abril de 2020, no seguinte horário: terça-feira das 14h30 às 18h00 e de quarta-feira a domingo das 10h00 às 18h00.

Esta iniciativa contou com o apoio da ETIC Algarve, Sul Informação, Musubmar/Ocean Revival, CLCC, Ana-Ana, Restinga e GAMP-Grupo de Amigos do Museu de Portimão.

Também a 7 de dezembro, terá lugar na Sala de Exposições Temporárias do Piso 1, do Museu de Portimão, a exposição ESTUÁRIOS de Arlindo Arez, na qual este artista, nosso conterrâneo e contemporâneo, nos dará a conhecer os seus mais recentes trabalhos.

Os tons azuis, presentes na maioria das pinturas, sob uma técnica de escorrimentos, remetem para o imaginário aquático de um estuário, em diálogo com elementos geométricos mais rígidos e de cores mais escuras simbolizando mapas, ilhas ou eventuais pontões.  

A exposição é distribuída em por três espaços, cada um deles composto por uma seleção de obras formalmente semelhantes, quer relativamente a técnicas, meios ou temas, pontuada por uma escultura que pretende sintetizar as pinturas apresentadas num objeto tridimensional, com um carácter quase de relíquia ou de artefacto, pertencente a um tempo indefinido e ao espaço de um imaginário estuário entre o rio e o mar.

Esta exposição é uma produção da Associação Cultural Cuneo Sularte com o apoio institucional da Câmara Municipal de Portimão.

 

 

0
0
0
s2sdefault