• “Férias de Verão Portimão 2020”

    Notícias

    “Férias de Verão Portimão 2020”

    Ler mais

  • Praias de Portimão ostentam galardões de qualidade

    Noticias

    Praias de Portimão ostentam galardões de qualidade

    Ler mais

  • Se sair de casa use Máscara para proteção de todos

    Notícias

    Se sair de casa use Máscara para proteção de todos

    Ler mais

Desde esta segunda-feira, 3 de fevereiro, até ao próximo dia 5, os alunos do 8º ano do Agrupamento de Escolas da Bemposta estarão nas dunas de Alvor a remover chorão-das-praias, como forma de celebrar o Dia Mundial das Zonas Húmidas, que se celebrou a 2 de fevereiro.

Espécie exótica e infestante do sistema dunar de Alvor, o chorão-das-praias impede que a vegetação nativa se desenvolva e ocupe as áreas que eram suas, pelo que a ação pretende promover nos jovens participantes os valores e funções das zonas húmidas, sensibilizando-os para a problemática das espécies exóticas sobre a diversidade biológica nativa.

Esta iniciativa, organizada conjuntamente pela Câmara Municipal de Portimão e Agrupamento de Escolas da Bemposta, realiza-se pelo 4º ano consecutivo e junta professores e alunos da EBS da Bemposta (cinco turmas), EB 2,3 D. João II, de Alvor (duas turmas) e EB José Sobral, da Mexilhoeira Grande (duas turmas).

Repartidas pelas manhãs de 3, 4 e 5 de fevereiro, as nove turmas darão continuidade ao trabalho desenvolvido nos anos anteriores, removendo esta espécie exótica, com origem na África do Sul, e que em Portugal tem comportamento invasor.

O chorão-das-pais foi introduzido em Portugal para fins ornamentais e, mais tarde, para fixar taludes e dunas. A sua capacidade de propagação e vigoroso crescimento vegetativo facilitou a colonização de vastas áreas, formando, nalguns locais, tapetes contínuos que impedem o crescimento e a sobrevivência da vegetação nativa.

No sistema dunar de Alvor existem algumas manchas de chorão que podem ser removidas manualmente, antes que ocupem grandes áreas nas línguas de areia da Praia de Alvor e da Meia-Praia, que fazem a transição entre o meio marinho e o meio estuarino, rico em diversidade biológica, uma vez que abriga um elevado número de espécies da fauna e flora nacionais, numa área relativamente pequena.

0
0
0
s2sdefault