• Semana Europeia da Mobilidade

    Notícias

    Semana Europeia da Mobilidade

    Ler mais

  • Rota do Petisco 2020

    Notícias

    Rota do Petisco 2020

    Ler mais

  • Época Desportiva 2020/2021

    Notícias

    Época Desportiva 2020/2021

    Ler mais

O AIA - Autódromo Internacional do Algarve acaba de receber a homologação máxima de Grau 1, atribuido pela Federação Internacional Automóvel (FIA), o que habilita a pista algarvia, localizada no concelho de Portimão, a ser palco para o regresso da Fórmula 1 a Portugal.

A inspeção que capacitou o AIA a receber a mais importante competição do desporto motorizado mundial foi realizada por Charlie Whiting, entretanto falecido, inspetor da FIA e diretor de corrida das provas de F1.

Charlie Whiting, na ocasião acompanhado pelo português Eduardo Freitas, conferiu que o circuito portimonense dispõe das condições e infraestruturas necessárias para receber o mais importante campeonato automobilístico e os principais bólides de quatro rodas.

Ao tomar conhecimento da decisão agora divulgada, o administrador Paulo Pinheiro da Parkalgar, empresa detentora do AIA, não escondeu o “enorme orgulho com que recebemos o grau máximo, o nível mais elevado na homologação para circuitos automobilísticos, o que nos possibilita acolher corridas do Grande Prémio de F1.”

“Após termos merecido em 2017 o grau 2 + 1T, que permitia continuar a acolher testes de várias equipas concorrentes à referida competição, conseguimos alcançar o grau máximo”, sublinhou o responsável.

De referir que entre dezembro de 2008 e janeiro de 2009 passaram pelo AIA a Ferrari, a McLaren, a Toyota, a Renault, a Toro Rosso e a Williams, regressando em 2016 a McLaren, além da Mercedes AMG, a equipa campeã nesse ano.

0
0
0
s2sdefault