• Sardinha em Concertos

    Notícias

    Sardinha em Concertos

    Ler mais

  • Humor.PTM – Festival de Comédia de Portimão

    Notícias

    Humor.PTM – Festival de Comédia de Portimão

    Ler mais

  • Exposição fotográfica “De Polo a Polo”

    Notícias

    Exposição fotográfica “De Polo a Polo”

    Ler mais

18.01.2021

Despesas de instalação e manutenção dos dois novos módulos serão divididas com mais seis autarquias do barlavento algarvio.

A pedido do CHUA – Centro Hospitalar Universitário do Algarve, o Município de Portimão assumiu a responsabilidade da instalação de dois módulos, com dez contentores cada, no Hospital de Portimão, que permitirá ampliar a área de pediatria dedicada à Covid-19.

Os módulos vieram substituir duas tendas insufláveis da Proteção Civil Municipal de Portimão, cedidas no início da pandemia pela autarquia, e que agora regressam à reserva estratégica para situações de exceção.

A Câmara de Portimão, que assumiu a terraplanagem e construção das infraestruturas de sustentação, tal como as redes de água, saneamento e eletricidade, juntou-se aos municípios do barlavento algarvio, nomeadamente Aljezur, Lagoa, Lagos, Monchique, Silves e Vila do Bispo, para suportar os custos inerentes à instalação destes dois módulos, compostos pelo aluguer de 20 contentores climatizados com ar condicionado e casas de banho, que vêm garantir a operacionalização de 20 camas de isolamento em quartos individuais.

Após um investimento inicial de 6.000 euros para a instalação, o valor mensal de aluguer, enquanto se afigurar necessária esta estrutura de emergência, é de 7.600 euros, divididos equitativamente pelos sete municípios envolvidos.

Ao longo desta semana ficará concluída a montagem destes equipamentos que oferecem um maior conforto em relação às tendas, tendo em conta a manutenção da necessidade de uma estrutura externa para triagem e encaminhamento, bem como o isolamento para doentes com patologias do foro respiratório, o que conferirá uma maior segurança aos profissionais e utentes.

Os demais custos operacionais e de sustentação logística para esta instalação foram, assim, assumidos na integra pela autarquia local, cujo Serviço Municipal de Proteção Civil acompanhou, desde início, toda a obra em articulação com os serviços técnicos do CHUA, contando com o apoio do Departamento de Obras e Gestão de Equipamentos Públicos da Câmara de Portimão e da EMARP – Empresa Municipal de Águas e Resíduos de Portimão.