• Semana Portimão pela Igualdade

    Notícias

    Semana Portimão pela Igualdade

    Ler mais

  • Club Makumba

    A não perder

    Club Makumba

    Ler mais

  • Feira de São Martinho

    Notícias

    Feira de São Martinho

    Ler mais

04.04.2021

Este ano, o Algarve volta a entrar em Estado de Petisco com a Rota mais saborosa da região.

 

Dentro de um mês dá-se o início da 11.ª edição da Rota do Petisco, entre 10 de setembro e 10 de outubro, e retoma-se as idas aos restaurantes e pastelarias da melhor forma possível. Entre petiscos, doces tradicionais ou criações de conceituados chefs com base em produtos regionais, o lema será sempre "petisque a um preço bastante convidativo".

A Rota do Petisco 2021 percorre 11 municípios algarvios e mais uma vez convida a descobrir as suas mais típicas iguarias, capazes de revelar da sua identidade, história, cultura e tradições. Os municípios que este ano entram oficialmente em Estado de Petisco são: Aljezur, Vila do Bispo, Lagos, Portimão, Monchique, Lagoa, Silves, Albufeira, Loulé, São Brás de Alportel e Tavira.

O evento mantém a sua vertente solidária com o valor do seu Passaporte (1,50€) a reverter na totalidade para apoiar projetos sociais desenvolvidos por instituições das localidades que integram a Rota do Petisco. Em 2021, serão apoiados nove projetos desenvolvidos pelas seguintes entidades: a Associação de Dadores de Sangue do Barlavento do Algarve (ADSBA), os Bombeiros Voluntários de Monchique e de São Brás de Alportel, a Casa do Povo de São Bartolomeu de Messines, o Centro de Apoio ao Sem Abrigo, o ECOS - Oficina de Dança, a Fundação Irene Rolo, o Grupo Desportivo Odeceixense e o HELP - Apoio ao Cuidador.

Este ano há a possibilidade de carimbar o Passaporte com novos e longínquos destinos através da Rota do Mundo. Os petiscos portugueses são de “comer e chorar por mais” mas as tapas da vizinha Espanha, a uma boa pasta italiana, a especiarias da Índia e muitos são também os amantes de sushi, pelo que tudo isso será possível encontrar na Rota do Petisco.

Sob o lema “Petisque mas não Arrisque”, o projeto Rota do Petisco pretende dinamizar a restauração algarvia, em momento da retoma, após todos os entraves colocados pela pandemia. A 3 de setembro, a Rota celebra 10 anos de existência com a promessa de continuar a crescer, com qualidade, para mostrar o que de melhor se confeciona no Algarve em termos de gastronomia.

A Rota do Petisco é uma iniciativa organizada pela Associação Teia D'Impulsos, com o apoio e parceria de várias entidades públicas e privadas.

Mais informações em Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar. | www.rotadopetisco.com

A Rota do Petisco é um projeto de cariz cultural e recreativo com origem na cidade de Portimão que consiste num roteiro gastronómico, envolvendo diversos estabelecimentos de restauração organizados por zonas geográficas distintas. A decorrer desde 2011, a Rota do Petisco tem crescido de ano para ano. Com uma adesão de 31 estabelecimentos de Portimão na primeira edição, a Rota registou em 2020 a maior abrangência de sempre, com 231 restaurantes aderentes, distribuídos por 13 concelhos do Algarve: Aljezur, Vila do Bispo, Lagos, Portimão, Silves, Monchique, Lagoa, Albufeira, Loulé, Faro, Olhão, São Brás de Alportel e Tavira. Dinamizado pela Associação Teia D’Impulsos (TDI), com o apoio de várias entidades locais públicas e privadas, a Rota do Petisco visa a promoção da restauração e do comércio local, a divulgação da gastronomia tradicional do Algarve, bem como a revitalização das localidades aderentes através de animação social e cultural e o enriquecimento da oferta turística da região.

Sobre a Teia D’Impulsos

A Teia D’Impulsos é uma associação sem fins lucrativos cujo principal objetivo é o desenvolvimento de projetos de cariz social, cultural e desportivo alicerçados na igualdade de direitos e oportunidades entre todos os cidadãos e que sejam uma mais valia no desenvolvimento social. Criada em março de 2011, projetou e concretizou algumas das iniciativas que mais dinamismo trouxeram a Portimão, e que, nos últimos anos, se expandiram para todo o Algarve, entre as quais a Rota do Petisco.