• Feira de São Martinho

    Notícias

    Feira de São Martinho

    Ler mais

  • Semana Portimão pela Igualdade

    Notícias

    Semana Portimão pela Igualdade

    Ler mais

  • Club Makumba

    A não perder

    Club Makumba

    Ler mais

14.08.2021

Face ao comunicado “Surto de SARS-CoV-2 no Centro de Apoio a Idosos de Portimão” do CDS de Portimão, torna-se público o seguinte:

Vamos aos factos:

O Plano Municipal de Emergência está ativado desde o início da pandemia e todos os seus mecanismos e recursos têm estado à disposição das autoridades de saúde, tal como aconteceu nesta situação. Ao contrário do que o CDS de Portimão quer fazer passar, não cabe ao Município decidir tecnicamente sobre as medidas de resposta à pandemia.

No seguimento de uma solicitação da Autoridade de Saúde, e com o acompanhamento e anuência da Segurança Social e da própria Instituição, foi no passado dia 12 de agosto montada, com recurso a tendas climatizadas com ar condicionado do Serviço Municipal de Proteção Civil, uma zona de isolamento junto a um lar de idosos em Portimão.

Esta zona encontra-se dotada de todas as condições que garantem conforto aos utentes, podendo os mesmos estarem próximos dos seus cuidadores habituais e beneficiarem dos serviços da instituição.

Refira-se que, face à proximidade do lar em questão, foi igualmente disponibilizado o Pavilhão da Boavista, tendo a instituição optado pela solução das tendas, face ao conforto das mesmas e à proximidade da instituição, permitindo desta forma que estes cidadãos continuem a ser acompanhados pelas equipas da instituição.

Esta zona de isolamento destina-se a dar resposta a um surto que afetou 28 utentes daquela instituição, necessitando, por determinação das autoridades competentes, de estar isolados nos próximos dias.

Refira-se que a grande maioria dos utentes estão assintomáticos ou com ligeiros sintomas e só dois (2) necessitaram de serem hospitalizados.

Esta é uma situação que se encontra a ser seguida de perto pelas autoridades competentes.

Estes são os factos, esta é a verdade.

Sobre a questão do Hospital de Campanha de Portimão, informa-se o seguinte:

Só se ativa um hospital de campanha quando não há hospitais disponíveis. Como é público, existe capacidade hospitalar no país e na região para acolher doentes COVID-19.

O Hospital de Campanha de Portimão deixou de funcionar em fevereiro e só será reativado, queremos todos que isso não aconteça, por determinação das autoridades de saúde e da proteção civil.

Portimão passou a dispor de um módulo “hospital de campanha” cumprindo os mais altos padrões internacionais da Organização Mundial de Saúde, sendo passível de ser instalado em qualquer ponto do território, em 24 horas.

O CDS de Portimão quer que se reative um hospital com a capacidade de 100 camas para prestar assistência médica a 2 doentes que têm a assistência hospitalar garantida no Hospital de Portimão?

Sobre a ocupação do Portimão Arena, informa-se o seguinte:

Nos próximos dias 28 e 29 de agosto, o Portimão Arena irá receber o XXIII Congresso Nacional do Partido Socialista;

Em setembro, o Portimão Arena vai passar a acolher o Centro de Vacinação de Portimão, de forma a libertar o Pavilhão Gimnodesportivo para a normal atividade desportiva. Os clubes que utilizam este equipamento já foram informados deste facto há cerca de 2 meses.

A nova localização do centro de vacinação já foi comunicada oficialmente ao coordenador da Task Force, tendo mesmo sido enviado o novo layout de instalação do centro de vacinação.