• Notícias

    Viva o Carnaval em Portimão

    8 a 25 de fevereiro

    Portimão volta a brincar ao Carnaval através de um vasto conjunto de iniciativas, dos bailes e concursos de máscaras aos desfiles e cortejos, prometendo divertir toda a gente, numa organização da Câmara de Portimão e das Juntas de Freguesia de Alvor, Mexilhoeira Grande e Portimão, com o relevante contributo do movimento associativo, ou não fosse esta uma festa de profundo cariz popular.

  • A não perder

    Ateliers na Quinta Pedagógica

    Fevereiro

    Marque já na sua agenda os ateliers de fevereiro. As inscrições deverão ser efetuadas na receção da Quinta Pedagógica, cerca de 15 minutos antes do início da atividade, sendo validadas mediante o pagamento e por ordem de chegada.

  • A não perder

    Música p’ra nanar na Biblioteca

    8 fevereiro, 14 março, 4 abril e 13 junho

    Nestas sessões de música pretende-se proporcionar à criança momentos lúdicos que o irão preparar para futuramente entender melhor a música, expressando as suas próprias ideias musicais de forma autónoma e independente.

  • A não perder

    Apresentação do livro "A Vivência da pobreza no universo dos centros sociais da AMI"

    27 de fevereiro

    Este livro resultou de uma investigação que teve como objetivo principal percecionar a imagem vivenciada da pobreza no universo da população apoiada pela Ação Social da AMI em Portugal.

  • A não perder

    Clube de Escrita Criativa para Jovens

    24 janeiro, 21 fevereiro e 6 e 20 de março 2020

    Este clube de escrita criativa tem como objetivo fomentar desde cedo nos jovens o prazer pela escrita. Será um espaço de troca de experiências e criações literárias em que o gosto pela leitura será também bem marcado.

  • A não perder

    Apresentação do livro “Nunca Pares” de Emanuel Mendes

    21 de fevereiro

    A presente obra retrata uma série de Caminhos de Santiago e de Fátima percorridos pelo autor. Ao longo da obra os diversos capítulos abordam a descrição de como surgiu a ideia de percorrer estes caminhos, uma breve abordagem histórica, a simbologia associada ao Caminho de Santiago, o planeamento e os ensinamentos aprendidos e experiências trocadas.

  • A não perder

    Apresentação do livro - "Histórias do Fogo - Relatos de Heróis com Rosto"

    22 de fevereiro

    Este livro pretende contar o que sucedeu nas horas do grande incêndio de 15 de Outubro de 2017 e nos dias que as seguiram, e também o que mudou para todo o sempre na nossa paisagem interior. O seu propósito é o de retratar experiências de testemunhas focadas no que de positivo este evento nos trouxe, nomeadamente a capacidade humana de entrega a algo que nos suplanta.

  • A não perder

    Histórias na Quinta

    22 de fevereiro

    Como novidade nos ateliês, a Quinta Pedagógica irá iniciar uma nova atividade de sábado, as “Histórias na Quinta”, onde a Biblioteca Municipal vem à Quinta ler histórias.

  • A não perder

    Músicas às Terças | Audições comentadas por João Miguel Cunha

    Janeiro a março 2020

    De forma a abordar temas que despertem o público para uma audição mais consciente da música, João Miguel Cunha propõe-se comentar semanalmente obras de grandes compositores, com o suporte de vídeo e áudio. Os assistentes serão exortados a colaborar, colocando perguntas ou expressando ideias ou emoções, no sentido de se criar uma verdadeira tertúlia.

  • A não perder

    Exposição da 19ª Corrida Fotográfica de Portimão

    7 de dezembro a 12 de abril 2020

    A exposição dos trabalhos premiados da 19ª Corrida Fotográfica de Portimão, maior maratona fotográfica a sul do Tejo – bem como a entrega dos prémios aos vencedores, está marcada para sábado, dia 7 de dezembro, às 17h00, no Museu de Portimão e estará integrado no programa oficial das Comemorações do Dia da Cidade de Portimão.

  • A não perder

    Exposição "Estuários" de Arlindo Arez

    Até 23 de fevereiro

    Nesta exposição, o público tem a oportunidade de experienciar o trabalho desenvolvido recentemente por Arlindo Arez, artista conterrâneo e contemporâneo, de reconhecimento internacional. O tema da exposição - ESTUÁRIOS - pretende enquadrar estes trabalhos, abstratos, por conceção, numa linhagem histórica de pintura de paisagem, reinterpretada, como é claro, num registo identificável numa corrente de Expressionismo Abstrato.

  • A não perder

    Start Work V

    5, 6 e 7 de março

    A “Start Work” volta a reunir empresas e instituições públicas e privadas da região, com atendimento presencial aos visitantes, num certame que visa promover a divulgação de ofertas de emprego e estágios profissionais, programas e medidas de apoio ao investimento, formação profissional, ensino secundário regular e profissionalizante e ensino superior, disponibilizadas por empresas e instituições de ensino públicas e privadas, politécnicas e universitárias existentes no município e região do Algarve.

  • A não perder

    Em fevereiro na Casa Manuel Teixeira Gomes

    08 a 28 de fevereiro

    Em fevereiro retomam as sessões do A Casa (Con)Vida às quintas. Aproveite para visitar também as três exposições presentes até ao final do mês e assista ao concerto Madrigal Renascentista, pela Academia de Música de Portimão.

  • A não perder

    Santa Mãezinha"

    7 de março

    Um conjunto de peripécias toma conta da vida destas quatro pessoas durante uma noite inesquecível para eles e todo o público que os visitar. Noémia Costa encabeça o elenco a dar vida a Helena, a sogra que ninguém gostaria de ter, mas que todos desejam ver. Uma comédia à portuguesa, original de Renato Pino, que é também o responsável pela encenação do espectáculo.

  • A não perder

    Paulinho Lêmos: Saudades do Brasil em Portugal

    22 de fevereiro

    O Corvo e a Raposa Associação Cultural, em parceria com o Município de Portimão, promove o concerto de Carnaval “Saudades do Brasil em Portugal”, com um ensemble de músicos portugueses e brasileiros residentes na região algarvia, como Vasco Ramalho na marimba, liderados pelo prestigiado músico brasileiro Paulinho Lêmos, residente em Portugal desde 1988.

  • Viva o Carnaval em Portimão
  • Ateliers na Quinta Pedagógica
  • Música p’ra nanar na Biblioteca
  • Apresentação do livro
  • Clube de Escrita Criativa para Jovens
  • Apresentação do livro “Nunca Pares” de Emanuel Mendes
  • Apresentação do livro -
  • Histórias na Quinta
  • Músicas às Terças | Audições comentadas por João Miguel Cunha
  • Exposição da 19ª Corrida Fotográfica de Portimão
  • Exposição
  • Start Work V
  • Em fevereiro na Casa Manuel Teixeira Gomes
  • Santa Mãezinha
  • Paulinho Lêmos: Saudades do Brasil em Portugal

Fernando Mendes está de regresso ao TEMPO – Teatro Municipal de Portimão, com o espetáculo “NOIVO POR ACASO”, no dia 3 de Agosto, ficando em cena às quintas, sextas e sábados, às 22 horas, até ao dia 26 de Agosto, num total de 12 espetáculos. Os bilhetes já se encontram à venda nos locais habituais.

Após as temporadas em Lisboa e Porto e de uma grande digressão nacional, é a vez de Fernando Mendes, Carla Andrino, Patrícia Tavares e Frederico Amaral, subirem de novo, ao palco do TEMPO - Teatro Municipal na cidade de Portimão.

Vítor Moreira (Fernando Mendes) é um empreiteiro que é chamado para fazer um orçamento para uma obra de remodelação de uma empresa. Acontece que essa empresa não é uma empresa qualquer. Trata-se de uma agência matrimonial, facto que Vítor Moreira não sabia. E não só não sabia que era uma agência matrimonial, como também não sabia o que era uma agência matrimonial.

O que supostamente seria um dia de trabalho normal, rapidamente se transformou no dia mais longo da vida de Vítor (e não só). Isto porque no dia e na hora em que Vítor vai fazer o orçamento, o dono da agência matrimonial está à espera de um cliente milionário (um português que é banqueiro em Nova Iorque), que por sua vez também está à espera de sair daquela agência já noivo, nesse mesmo dia.

Vítor é confundido com o banqueiro e, por força das circunstâncias, terá de se fazer passar por ele junto do grupo de candidatas que o dono da agência já selecionou para o banqueiro escolher para sua futura mulher. Isto porque o dono da agência o alicia com uma boa quantia de dinheiro, proveniente das inscrições das candidatas.

Ora, Vítor, como bom empreiteiro à portuguesa, adora dinheiro fácil, está disposto a tudo para não deixar escapar esta oportunidade. Acontece é que, com o passar do tempo, o dinheiro que parecia fácil, parece cada vez mais difícil. Isto porque as candidatas têm cada uma delas características e traços de personalidade muito próprios e vincados, e farão destas pequenas entrevistas um inferno para Vítor, que ainda para mais é casado e terá de esconder da sua ciumenta e possessiva mulher o que se está a passar, para estar a demorar tanto.

E o plano que tinha tudo para acabar bem, vai complicando a cada minuto que passa, fazendo com que Vítor e o próprio dono da agência já se questionam se esta pequena/grande burla foi boa ideia.
O problema é que depois de darem início à golpada, voltar para trás seria a pior opção. Assim, há que seguir em frente, mesmo que o caminho se aparente tortuoso. E sê-lo-á, com toda a certeza. A questão é: o crime compensa? E se compensar, a quem compensará? É uma questão de ir ver...

Duração: 90m, sem intervalo - Classificação Etária: M/12

FICHA TÉCNICA:
Texto: Frederico Pombares, Henrique Dias e Roberto Pereira
Encenação: Henrique Dias
Elenco: Fernando Mendes, Carla Andrino, Patricia Tavares e Frederico Amaral
Figurinos: Dino Alves
Desenho de luz: Paulo Sabino
Cenário: Rui Filipe Lopes
Assistente de encenação: Anaísa Raquel
Contra-Regra: Daniela Rosa
Assistente de produção: Leonel Moteiro
Produção: Paulo Martins

Locais de venda de bilhetes: TEMPO - Teatro Municipal de Portimão, www.bol.pt, Fnac, Worten, El Corte Inglés, CTT, Lojas Note!.

Ligue: 1820 (24 horas) - Informações e Reservas: 282 402 475

 

 

 

0
0
0
s2sdefault