• Oficina das Profissões

    Notícias

    Oficina das Profissões

    Ler mais

  • Mês do Azulejo

    A não perder

    Mês do Azulejo

    Ler mais

  • Rota do Petisco

    A não perder

    Rota do Petisco

    Ler mais

  • A não perder

    Sem Retorno, de Ana Alberto e Thora Jorge

    19 outubro

    Sem retorno é uma reflexão sobre o estado de espírito, personalidade e introspeção acerca dos mundos vivenciados por esta personagem desenvolvida sob o olhar contemporâneo das autoras.

  • A não perder

    XXI Subida Internacional do Rio Arade

    21 de outubro

    XXI Subida Internacional do Rio Arade - Canoagem

  • A não perder

    Hugo Sousa - Maturado

    20 outubro

    "Maturado" é o novo espectáculo de stand-up comedy de Hugo Sousa, escrito e interpretado pelo próprio. O comediante vai percorrer o país de norte a sul para abordar temas relacionados com a sua vida pessoal, viagens e contar histórias com pormenores que não vão deixar a sua mãe orgulhosa.

  • A não perder

    Mês do Azulejo

    outubro

    Durante este mês não perca as atividades programadas no âmbito da iniciativa nacional "Mês do Azulejo"

  • A não perder

    Ateliers na Quinta Pedagógica de Portimão

    Outubro

    Visite este equipamento em família e divirta-se com os mais novos nos ateliers temáticos. Sempre ao sábado, às 11h00.

  • A não perder

    Ateliêr Grandes e Pequenos “FLICTS" de Ziraldo

    20 outubro

    No próximo sábado, dia 20 de outubro, pelas 16h00, a Biblioteca Municipal recebe o Ateliê “Grandes e Pequenos” com o livro "FLICTS" de Ziraldo Alves Pinto. O público-alvo são crianças dos 4 aos 10 anos, sempre acompanhadas de adultos.

  • A não perder

    Apresentação do livro “A Mamã Está Triste"

    27 outubro

    A obra "A Mamã Está Triste" - Como explicar a depressão parental a uma criança, de Carla Isabel Vicente e Margarida Caria foi a concretização de um sonho o lançamento deste livro.

  • A não perder

    Festival de Órgão do Algarve

    3 e 9 de novembro

    A Associação Cultural Música XXI organiza a 11ª edição do Festival de Órgão do Algarve, que percorre os concelhos de Faro, Portimão, Loulé e Tavira. São 13 concertos distribuídos por várias igrejas da região, a realizar entre 2 e 30 de novembro.

  • Publicações

    Outubro na Casa Manuel Teixeira Gomes

    Outubro na Casa Manuel Teixeira Gomes

    Não deixe de visitar as exposições disponíveis na Casa Manuel Teixeira Gomes, com entrada livre e ouvir boa músic às quintas-feiras.

  • A não perder

    Escola de Música da Sociedade Filarmónica Portimonense

    setembro e outubro

    Escola de Música da Sociedade Filarmónica Portimonense já tem inscrições abertas e gratuitas.

  • A não perder

    Exposição de Trabalhos Manuais "Gerações"

    Exposição na Casa Manuel Teixeira Gomes

    Ao longo do ano civil os centros vão fazendo algumas peças para enxoval de recém nascidos a fim de entregar na época natalícia a instituições ou à própria Maternidade do Hospital do Barlavento Algarvio.

  • A não perder

    Exposição de Pintura "Sentada no Arade" de Dália Cordeiro

    Exposição na Casa Manuel Teixeira Gomes

    A artista dedicou parte da sua vida ao ensino, na área das artes visuais Fez diversas exposições individuais e coletivas, salientando a Coletiva de Arte Contemporânea “Paratissima” Lisboa; a Individual no Museu Municipal de Faro; Arte Para 4, Galeria Sala Aires, Córdoba e Coletiva, Museu José Malhoa, Caldas da Rainha.

  • A não perder

    A Casa (Con) Vida às quintas...

    Casa (Con) vida às quintas...

    Provida dos equipamentos necessários à concretização de eventos culturais, formações, exposições e outras atividades de interesse geral, a Casa Manuel Teixeira Gomes é um espaço que visa acolher da melhor forma quem a visita.

  • A Não Perder

    Oferta Pavilhão Gimnodesportivo Portimão

    Renovações e Novas Inscrições a partir do dia 3 de setembro

    Não perca a época desportiva de 2018/2019, consulte o programa e inscreva-se!

  • Sem Retorno, de Ana Alberto e Thora Jorge
  • XXI Subida Internacional do Rio Arade
  • Hugo Sousa - Maturado
  • Mês do Azulejo
  • Ateliers na Quinta Pedagógica de Portimão
  • Ateliêr Grandes e Pequenos “FLICTS
  • Apresentação do livro “A Mamã Está Triste
  • Festival de Órgão do Algarve
  • Outubro na Casa Manuel Teixeira Gomes
  • Escola de Música da Sociedade Filarmónica Portimonense
  • Exposição de Trabalhos Manuais
  • Exposição de Pintura
  • A Casa (Con) Vida às quintas...
  • Oferta Pavilhão Gimnodesportivo Portimão

Teve lugar esta segunda-feira, 11 de setembro, a reunião final de coordenação com os promotores do festival BPM, após o desenvolvimento e implementação de um processo de planeamento que se iniciou no passado mês de junho, e que contou com a participação de todos os agentes de Proteção Civil e demais intervenientes.

O festival BPM celebra este ano a sua 10.ª edição, com expansão internacional em Portugal entre os dias 14 e 17 de Setembro, num evento que o Município de Portimão pretende e exige que seja seguro, independentemente dos sete locais diferentes onde decorrerá (seis dos quais localizados no Município de Portimão, e um no Município de Lagoa, no Centro de Congressos do Arade).

Promovido em Portugal pela empresa BPM FESTIVAL, Lda., estiveram, de igual forma, envolvidas neste processo de planeamento várias equipas na organização do evento de origem britânica e americana.

Cada “festivaleiro” gastou, em média, 1.000,00 € para estar em Portimão
O festival tem prevista a participação, entre clientes e organização, de 15.000 pessoas, tendo sido estabelecido um teto máximo de venda de 12.000 bilhetes, dos quais já se encontram vendidos 9.500 em 10 países diferentes.

Estima-se que, em média, cada participante estrangeiro despendeu cerca de 1.000,00 €, entre despesas de deslocação, alojamento e ingresso, para estar em Portimão durante estes quatro dias. Estudos do promotor do evento apontam para que cada turista efetue, ainda, despesas na economia local na ordem dos 500,00 €, refletindo-se o acolhimento deste festival numa mais-valia para a dinamização do tecido empresarial local.

Todos os locais são estabelecimentos licenciados para receber público no âmbito dos espetáculos, dança e restauração, com horários diferenciados, designadamente o NoSoloÁgua, Blanco Beach, Katedral, Villa Mariazinha, Oceans Club e Cloque, estando o acesso a cada espaço consignado à sua lotação, tendo sido definidas medidas de controlo de acesso.

Em antecipação, e considerando o impacto do evento na cidade, foi planeado um dispositivo operacional dos vários Agentes de Proteção Civil locais para prevenção às diversas atividades previstas ao longo dos 4 (quatro) dias de duração, envolvendo os Bombeiros de Portimão, o Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM), a Cruz Vermelha Portuguesa (CVP), a Autoridade Marítima/Polícia Marítima (AM/PM), a Polícia de Segurança Pública (PSP) e a Guarda Nacional Republicana (GNR), num total de 21 veículos e 115 operacionais.

No terreno situado junto à rotunda da Marina de Portimão será estabelecido durante o evento, e em permanência, um Posto de Comando Operacional do Serviço Municipal de Proteção Civil, um Destacamento dos Bombeiros e um Posto Médico Avançado da Cruz Vermelha Portuguesa.

Mais informações sobre o festival BPM em http://thebpmfestival.com

 

0
0
0
s2sdefault