• Outubro Rosa

    Notícias

    Outubro Rosa

    Ler mais

  • Dia Municipal para a Igualdade de Género

    Notícias

    Dia Municipal para a Igualdade de Género

    Ler mais

  • Fake, de Inês Barahona e Miguel Fragata

    A não perder

    Fake, de Inês Barahona e Miguel Fragata

    Ler mais

Procurando estar sempre na linha da frente ao nível das tecnologias da informação, o Município de Portimão lançou uma nova plataforma de mapas interativos e de publicação de informação geográfica- o GEOPORTAL. 

 O GEOPORTAL vem  permitir alargar o conjunto de serviços de disponibilização e exploração de informação geográfica até aqui oferecidos pela autarquia, e garante uma consulta mais intuitiva e interativa da informação, para além de apresentar uma maior diversidade de funcionalidades e temas de informação.

A pesquisa e localização de vários tipos de informação (processos de obras, moradas, prédios rústicos, coordenadas e outros), a emissão automática de plantas em formato digital (pdf), que poderão ser utilizadas para instrução de pedidos a realizar à autarquia, e a consulta dos instrumentos de gestão territorial com incidência no concelho, estão agora à distância de um clique em Geoportal do Município de Portimão.

A apresentação desta nova ferramenta - Geoportal - Novo Sistema de Informação Geográfica Municipal – SIM, decorreu, durante a IV Semana de Reabilitação Urbana de Portimão e poderá ser consultado em

»» https://geoportal.cm-portimao.pt/mapa/epl

Desenvolvida em parceria com a empresa algarvia WKT - Sistemas de Informação, a plataforma baseia-se em software de código aberto e aplica as mais recentes boas práticas ao nível do acesso e utilização/exploração de informação geográfica por parte da Administração Pública, cumprindo o estabelecido na diretiva europeia INSPIRE e na visão e objetivos definidos pela Direção Geral do Território para o SNIG 2020 (Sistema Nacional de Informação Geográfica).

Com o lançamento desta plataforma, o Município de Portimão passa a possuir a capacidade de disponibilizar e consumir informação geográfica através de serviços na internet, garantindo a interoperabilidade dos seus sistemas com as restantes entidades da Administração Pública e da sociedade civil.