• 357ª Feira de São Martinho

    A não perder

    357ª Feira de São Martinho

    Ler mais

  • I Jornadas Sociais de Portimão

    Notícias

    I Jornadas Sociais de Portimão

    Ler mais

  • IV Festival Internacional de Piano do Algarve

    A não perder

    IV Festival Internacional de Piano do Algarve

    Ler mais

  • A não perder

    357ª Feira de São Martinho

    8 a 17 de novembro

    Neste que é um dos polos incontornáveis de animação outonal no concelho, e que volta a ter lugar, como habitual, no Parque de Feiras e Exposições de Portimão, não vão faltar as tradicionais castanhas assadas, as farturas, as pipocas, o pão com chouriço e outros petiscos tentadores nos bares e tasquinhas existentes no recinto, assim como vários espaços de animação com jogos diversos, ‘carrinhos de choque’ e carrosséis, numa feira que promete fazer as delícias de miúdos e graúdos.

  • A não perder

    Teatro-documentário "Pelos que andam sobre as águas do mar"

    19 de novembro

    Inspirado na obra “Os Pescadores”, de Raul Brandão, no trabalho de investigação realizado nas comunidades piscatórias de Portimão, Nazaré, Sesimbra, Setúbal e Montijo, e na investigação antropológica de Vanessa Amorim, o projeto tem o Museu de Portimão como parceiro, conta com a participação das atrizes Ana Lúcia Palminha e Suzana Branco e é encenado por Miguel Jesus.

  • A não perder

    Histórias na Quinta

    23 de novembro

    Como novidade nos ateliês, a Quinta Pedagógica irá iniciar uma nova atividade de sábado, as “Histórias na Quinta”, onde a Biblioteca Municipal vem à Quinta ler histórias.

  • A não perder

    Ateliê Grandes e Pequenos "A fada Oriana” de Sophia de M. Breyner Andresen

    16 de novembro

    Em A Fada Oriana, encontramos o dom da proteção sobre os seres mais frágeis que vivem numa floresta, encontramos as tão humanas oscilações entre a solidariedade, o sentido da responsabilidade e o egoísmo e a vaidade. Encontramos, como é próprio de muitos contos tradicionais e para a infância, as peripécias de uma luta entre o bem e o mal.

  • A não perder

    Apresentação do livro “Crónicas ao correr do tempo” de João Miguel Cunha

    23 de novembro

    Desde jovem tem desenvolvido o gosto pela escrita. Os contactos com gente diferente, em terras diferentes, serviram de inspiração para passar ao papel uma série de crónicas, pequenas histórias e impressões de viagem que, agora, na serenidade da aposentadoria, editou no livro “Crónicas ao correr do Tempo”.

  • Notícias

    Programação Desportiva CED 2019 - Novembro

    1 a 30 novembro

    Conheça a programação do mês de novembro na CED 2019.

  • A Não Perder

    Exposição "João César, A Magia do Acordeão"

    Até 24 de novembro

    Uma homenagem da Câmara Municipal de Portimão e do Executivo da Junta de Freguesia de Portimão ao acordeonista portimonense, que começou a tocar aos 16 anos a solo, e também em conjuntos musicais por todo o país.

  • 357ª Feira de São Martinho
  • Teatro-documentário
  • Histórias na Quinta
  • Ateliê Grandes e Pequenos
  • Apresentação do livro “Crónicas ao correr do tempo” de João Miguel Cunha
  • Programação Desportiva CED 2019 - Novembro
  • Exposição

A Câmara Municipal de Portimão apresenta em junho (dia 16) e agosto (dia 8), no Areal da Praia da Rocha (frente ao Hotel Júpiter/Hotel da Rocha), dois concertos de verão ao ar livre, para celebrar a atribuição do Prémio Portugal Cinco Estrelas 2018 a uma das mais bonitas praias do Algarve – a PRAIA DA ROCHA. 

Com a atribuição deste prémio que contou com a participação de 205.895 consumidores, os vencedores Portugal Cinco Estrelas passam a integrar um conjunto restrito de referências no nosso país que se destacam pela excelência e elevado nível de satisfação junto dos consumidores, contribuindo para a promoção deste ícone nacional eleito na categoria PRAIAS.

No dia 16 junho (sábado), em homenagem à celebração da água, a Orquestra Filarmónica Portuguesa apresenta um programa constituído por: Claude Debussy, “La Mer” (O Mar) | Monty Norman, 007 | Samuel Barber, Adágio | Klaus Badelt, Piratas das Caraíbas | John Williams, Higlights | Ravel, Bolero | Maestro, Osvaldo Ferreira. A Orquestra Filarmónica Portuguesa foi fundada em Maio de 2016 por Osvaldo Ferreira e Augusto Trindade, a orquestra integra um conjunto de músicos de elevado padrão técnico e artístico. Os músicos da orquestra são artistas premiados em concursos nacionais e internacionais, ex-integrantes da Orquestra de Jovens da União Europeia (EUYO) e de outras orquestras de jovens internacionais e ainda músicos estrangeiros residentes em Portugal que se juntaram neste projeto para criar uma orquestra que se estabeleça como uma referência e símbolo de qualidade, atuando em todo o território nacional.

A orquestra produz concertos sinfónicos, ópera e cria conexões com outros géneros artísticos numa procura constante de desenvolver eventos e espetáculos criativos.

No dia 8 agosto (4ª-feira), pelas 19h30, é a vez da Orquestra Clássica do Sul (OCS) apresentar um concerto de música clássica em pleno areal da Praia da Rocha. Fundada em 2002 como Orquestra do Algarve, torna-se Orquestra Clássica do Sul (OCS) em setembro de 2013, com o objetivo de levar a sua missão às regiões do Algarve, do Alentejo e da Península de Setúbal em Portugal e da Andaluzia em Espanha, oferecendo uma programação diversificada e de elevada qualidade artística. A OCS apresenta ciclos de concertos com maestros e solistas nacionais e internacionais, numa programação que inclui obras do barroco ao contemporâneo, para além dos tradicionais concertos em ocasiões festivas, para além de investir na continuidade de projetos que abraça há já largos anos e que são ex-libris da sua atividade, inclui na sua programação um conjunto de novas propostas que pretendem dinamizar o seu leque de ofertas artísticas e culturais.

Esta iniciativa “Música à beira mar na Praia da Rocha – Portugal Cinco Estrelas 2018”, organizada pela Câmara Municipal de Portimão, tem como objetivo proporcionar à população e aos visitantes uma experiência diferenciadora, valorizando e dinamizando a Praia da Rocha que sempre foi e será um dos principais cartões-de-visita desta cidade.

 

 

0
0
0
s2sdefault