07.04.2021

Arrancaram no início desta semana as obras de requalificação do edifício onde funcionou durante muitos anos a lota de Portimão, num investimento municipal na ordem dos 960.000 euros e com um prazo de execução de 180 dias.

Os trabalhos contemplam a substituição da cobertura e o reforço das paredes e de toda a estrutura, com respeito pela traça original do imóvel, ficando o rés-de-chão dotado de ampla sala multifunções, preparada para receber eventos culturais e recreativos, enquanto nas traseiras do edifício poderá funcionar uma cafetaria.

As obras neste emblemático edifício, que marca a paisagem da zona ribeirinha de Portimão, consagram igualmente a modernização das redes de água, eletricidade e telecomunicações, a criação de diversas salas de apoio no piso térreo e no 1º andar, bem como instalações sanitárias.

Esta intervenção de fundo, que já se encontrava prevista há algum tempo, recebeu há poucas semanas o visto prévio do Tribunal de Contas e pretende transformar a antiga lota de Portimão num edifício de utilidade pública, devidamente preparado para acolher projetos culturais, festividades, comemorações e eventos ligados às tradições locais e regionais, sobretudo relacionados com a gastronomia, o artesanato e outras manifestações de cunho popular.

Localizado logo à entrada da cidade pela chamada “ponte velha”, o edifício foi construído em 1916 para acolher a primeira central elétrica da então Vila Nova de Portimão, passando a funcionar como lota entre as décadas de 1950 e 1980, altura em que foi utilizado para apoio a diversos restaurantes da sardinha assada, antes de ser identificado no Plano Diretor Municipal como imóvel de interesse concelhio.

 

 

A não perder

V Festival Internacional de Piano do Algarve EDIÇÃO ONLINE

7 de março a 29 de maio de 2021

V Festival Internacional de Piano do Algarve EDIÇÃO ONLINE
Exposição Crianças nas artes tem um nome - Montradartekids
A não perder

Exposição Crianças nas artes tem um nome - Montradartekids

22 de março a 23 de abril de 2021

A não perder

5.ª edição do Entrelaçados - Festival de Dança Contemporânea

 30 de abril a 28 de agosto

5.ª edição do Entrelaçados - Festival de Dança Contemporânea
A não perder

Praça dos Heróis, de Thomas Bernard

22 de maio

Praça dos Heróis, de Thomas Bernard
A não perder

Época Desportiva 2020/2021

Setembro de 2020 a junho de 2021

Época Desportiva 2020/2021
OFF, a partir de Dying de Chris Thorpe
A não perder

OFF, a partir de Dying de Chris Thorpe

19 de junho

A não perder

Compras no Mercado da Avenida

Janeiro a dezembro

Compras no Mercado da Avenida