Município de Portimão investe mais de 26 mil euros na limpeza do espaço rural

27.11.2020

Todos os anos, em antecipação ao início do novo ano hidrológico, o Município de Portimão procura acautelar, através de medidas preventivas e de mitigação do risco, as possíveis consequências de episódios de precipitação intensa.

Ação visa prevenir cheias e inundações.

Exemplo disso são os trabalhos de limpeza de ribeiras e passagens hidráulicas nas zonas críticas e historicamente mais vulneráveis com impacto nas populações, e nas vias de comunicação que atravessam o espaço rural do concelho.

Num investimento superior a 26 mil euros, encontram-se atualmente a decorrer intervenções que complementam a ação diária da equipa de Sapadores Florestais do Município.

De referir ainda que, diariamente, a equipa de Sapadores Florestais do Município atravessa todo o espaço rural, com o intuito de acompanhar as queimas previamente comunicadas ao Centro Municipal de Emergência e Proteção Civil de Portimão.

A realização de uma queima obriga ao contacto prévio com a autarquia para comunicar essa intenção. Em Portimão, funciona para o efeito a Linha Municipal “Proteção 24” - 808 282 112 – pela qual os serviços de Proteção Civil recebem as informações e validam a oportunidade para o uso do fogo, tendo em conta as previsões meteorológicas e a avaliação do risco para o dia.

Na ausência de restrições, o munícipe recebe informação favorável, assim como a visita e colaboração de uma das equipas dedicadas à defesa da floresta contra incêndios, nomeadamente dos Bombeiros ou dos Sapadores Florestais do Município, para o auxiliar e colaborar no que necessário.

O papel destes operacionais é sensibilizar e colaborar na realização de uma queima segura, tendo acompanhado desde o início de 2020 até à atualidade 1375 queimas no concelho.

Pedidos de esclarecimentos adicionais ou de ajuda relacionados com esta temática ou com a Covid-19, bem como a participação de ocorrências, devem ser solicitados para a Linha Proteção 24 (808 282 112), a funcionar 24 horas por dia, enquanto contacto inteiramente à disposição da população.