Mesmo sem festival, a sardinha continua a ser rainha em Portimão

03.08.2020

Devido à atual pandemia da Covid-19, este ano não será possível a realização do Festival da Sardinha, inicialmente previsto para a semana de 3 a 9 de agosto na zona ribeirinha de Portimão, tendo o Rio Arade como pano de fundo.

No entanto, e para honrar esta tradição gastronómica, que desde 1985, mais que um festival de verão, constitui uma das principais marcas da cidade, o Município de Portimão volta a reacender as luzes que inspiram o logótipo do festival na ponte ferroviária, convidando residentes e visitantes a degustar a habitual sardinha assada no prato ou no pão, acompanhada com a tradicional batata cozida e salada à algarvia, num dos restaurantes típicos situados nesta zona.

Ao longo de toda a semana, este momento simbólico, assim como um conjunto de atividades e publicações especiais nos canais oficiais do Município, quer no Facebook (facebook.com/portimaomunicipio), quer no Instagram (instagram.com/portimaooficial), prestarão tributo à sardinha assada que, mesmo sem festival, continua a ser rainha em Portimão.

De igual forma, de 3 a 9 de agosto, serão efetuadas entrevistas com visitantes e reportagens junto dos habituais restaurantes parceiros do Festival da Sardinha, ao mesmo tempo que será criada uma dinâmica de memórias nos Facebook e no Instagram, transportando os que assistirem a esses apontamentos numa viagem no tempo, até alguns dos momentos mais altos do certame, que é ex-libris de umas excelentes férias de verão passadas em Portimão e que estará de regresso no próximo ano, em data oficial a divulgar já no próximo dia 9 de agosto.

Email

0
0
0
s2sdefault