A não perder

Workshop Intimidade e Sexualidade na Mulher- Dia Internacional da Mulher

8 de Março

 

 No Dia Internacional da Mulher, 8 de março, todas as mulheres são convidadas a participar num workshop sobre “Intimidade e Sexualidade na Mulher”, a cargo da sexóloga Vânia Beliz.

Educar para a sexualidade impõe-se, hoje, como uma estratégia importante na educação para a saúde que não deverá esquecer os adultos. As abordagens à sexualidade feminina são importantes para a satisfação e bem-estar das mulheres, independentemente da sua prática ou experiência sexual. A maior parte das mulheres são vítimas do desconhecimento e de tabús que colocam em risco a sua saúde e que comprometem a sua intimidade.

Uma oportunidade de refletir sobre os obstáculos e constrangimentos à sexualidade feminina, entre outros temas, como a resposta sexual e o ciclo de vida da juventude à idade madura, ou as dificuldades e disfunções sexuais no feminino. 
Na ocasião serão apresentados produtos e estratégias para melhorar a intimidade feminina.

O  workshop é de participação gratuita e terá lugar no Café Concerto do TEMPO, a partir das 16h00.

Quem é Vânia Beliz?

Nasceu em Lisboa, em 1978, e viveu no Algarve onde, em 2005, se licenciou em Psicologia Clinica. Mestre em Sexologia e doutoranda em Estudos da Criança na especialidade de Saúde Infantil, no Instituto de Educação da Universidade do Minho. 

Apresentou, durante 3 anos, no programa Curto-Circuito, da Sic Radical, uma rúbrica para jovens sobre sexualidade.
Na imprensa colabora com várias revistas e programas de televisão. Participa em vários projetos na área da educação sexual como são exemplo os projetos no âmbito dos Programas de Educação para a Saúde, (PES) e o Projeto de Educação Sexual “A viagem de Peludim”.
Consultora da CONTROL PORTUGAL e responsável pelo projeto nacional ControlTalk, serviço de esclarecimento através do whatsapp.

Autora do livro “Ponto Quê?” sobre a sexualidade feminina, co-autora de “A Viagem de Peludim”, obra dirigida às crianças e educadores e de “Chamar as coisas pelos nomes” dirigido às famílias sobre como e quando falar sobre sexualidade.
Responsável pelo projeto Adolescer que pretende sensibilizar públicos vulneráveis dos PALOP para a educação sexual com missões na Guiné Bissau onde é cronista da revista feminina Kampuni.
Formadora da APEI Associação de Profissionais de Educação de Infância.
Participa com frequência como oradora e formadora em vários eventos científicos, tendo inúmeras comunicações públicas em áreas como: Sexualidade Feminina, Sexualidade e Envelhecimento, Sexualidade na Deficiência.

 

Saiba tudo sobre as Comemorações do Dia Internacional da Mulher AQUI 

Icons Nao Perder Quando   Quando

8 de março 

Icons Nao Perder Onde    Onde
Café Concerto do TEMPO -  Teatro Municipal de Portimão 
 Icons Nao Perder Valor     Valor

Participação Gratuita

 Icons Nao Perder MaisInfo    Mais Info

 

 

Email