A não perder

Exposição Cerâmica Tridimensional de Clara de Sousa Vicente

5 a 31 maio
 

 A Casa Manuel Teixeira Gomes recebe de 5 a 31 de maio, Exposição de Cerâmica Tridimensional de Clara de Sousa Vicente. A inauguração está prevista para as 19h30 com Soprano Carla Pontes e Gloria Marreiros.

Clara de Sousa Vicente
“Imagino-me sempre a criar  estórias para os meus azulejos, porque a minha alma só assim: vive." Sou a Clara de Sousa Vicente, nasci a  23 de Abril de 1962, no dia Mundial do livro e, não sei se por causa disso adoro escrever poesia. Foi talvez por influência do meu pai, que trabalhava numa cerâmica de tijoleiras que desde pequena modelo o barro. Ou seja, invento estórias com barro ou baseio-me em estórias que já existem e, muitas guardo-as desde que a minha avó me as contou, acrescentando mais sonho e magia, à minha abstração pelo mundo real. Coloco  os meus personagens em cima dos azulejos e faço-os fundir entre 1080º a 1100º, de onde saem as cores provocadas pela alquimia do forno.

Assim, a solidão do meu íntimo converte-se em personagens que brincam e se misturam com  emoções. Frequentei  a escola de Artes Decorativas António Arroio em Lisboa e ai fiz Arte e Técnica dos tecidos e Artes do Fogo. Por esse mundo fora tirei alguns cursos, destaco o Curso de pintura a óleo na Libéria e pintura em acrílico, na Guiné-Bissau. Também dei vida a outra paixão que é o voluntariado internacional. Concebi  um projeto chamado estrelinha Ó-Ó, em que uma estrelinha feita em tecidos, executada pelos tecelões locais criada e desenhada por mim foi dar luz a 500 bebés, filhos de mães seropositivas da Maternidade  do Hospital de Comura- Guiné ,Bissau. O contacto com outros povos e civilizações fascina-me, desde sempre.

Em Portugal, adorei ter exporto dois anos seguidos nas exposições coletivas da Galeria de Arte Contemporânea do Porto- A`Aparte , assim as minhas obras estiveram ao lado das obras de  mestres como: Cutileiro, Armanda Passos, Franchini, Emilia Viana etc.). Ultimamente maravilhou-me o facto de ter exposto na Galeria Municipal de Arte de Barcelos,  podendo por cá fora a emoção de um dos meus heróis preferidos, o Principezinho. A minha exposição "...para o Principezinho" vai ser itinerante em Portugal e pelo mundo. Ah! Já me esquecia, com esta  paixão pelo meu trabalho outros comungaram do mesmo gosto e premiaram-me: 1ºpremio de Criatividade na FIL- Lisboa em 1991 - Menção Honrosa no Concurso de Criatividade da Junta de Freguesia da Foz do Douro- Porto, 1º prémio de Protótipos e Acessórios de Moda da Camara Municipal de Tavira, 3º Premio - Abraço ao Mestre Fernando Rodrigues pela escola do mesmo mestre em Lagoa- algarve, em 2015 bem como o apuramento para integrar os 20 finalistas no manifesto exposição Portugal Now - Londres.
 
Há 18 anos que vivo e tenho o meu estúdio, em Monchique."

Icons Nao Perder Quando 1
5 a 31 maio de 2017
Icons Nao Perder Onde 1
Casa Manuel Teixeira Gomes
Icons Nao Perder Valor 1
Entrada gratuita
Icons Nao Perder MaisInfo 1

282 480 488

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Org.: Casa Manuel Teixeira Gomes

 

Email

0
0
0
s2sdefault