A não perder

Choque Frontal ao Vivo com Luis Galrito "Menino do sonho pintado"

15 setembro
 

O Choque Frontal ao Vivo regressa em grande em setembro. O pequeno Auditório do TEMPO recebe no próximo dia 15 de setembro, pelas 21h15, Luís Galrito com o seu novo disco "Menino do sonho pintado".

 

À sonoridade deste álbum não são alheias as incontornáveis influências dos cantautores portugueses, das raízes folk do Alentejo e de outras sonoridades de matriz tradicional (ou não) de diversas zonas do país e do mundo. O título do disco é retirado de uma das canções que fala sobre as crianças vítimas de violência em cenários de guerra, relembrando aqui também a atualíssima questão dos refugiados e outros contextos preocupantes. Ao mesmo tempo, o título evoca um desenho que Luís Galrito fez na infância e que o marcou profundamente pela carga simbólica do mesmo (ativismo pela paz); e não deixa de ser um reflexo dos momentos de cumplicidade que passa no seu dia-a-dia desenhando com a sua filha Eva.   

A expressão que dá nome ao novo disco de Galrito reflete assim o conceito, a mensagem visível em várias canções deste trabalho discográfico: a vontade de esboçar o sonho na pureza de uma criança, o desejo de mudança, o querer apagar um céu riscado de tintas de medo e afins, e de desenhar cores de harmonia, paz e amor. A fase de composição deste novo disco coincidiu também com a experiência de ser pai pela primeira vez, sendo que alguns dos seus temas, como “Filhos” ou “Balada para o meu Amor”, espelham esta nova e bonita fase da sua vida.

Letrista, compositor, e intérprete das suas canções, nota-se em Luís Galrito uma genuína vertente de trovador, um saudável misto das raízes alentejanas, de onde é oriundo, e das referências urbanas mais modernas. Há uma intervenção despretensiosa e natural nos seus temas, aliada a uma visão algo romântica que renasce continuadamente nos seus textos e se revive de uma voz, com um timbre bem peculiar, e uma guitarra mano a mano. Foi em 1996 que registou seu primeiro trabalho discográfico intitulado Véu vermelho, um álbum temático, filosófico, surrealista e introspetivo, com influências do pop-rock progressivo ao estilo de bandas lendárias como Pink Floyd e outros.

 

 

Icons Nao Perder Quando 1
15 setembro l 21h15
Icons Nao Perder Onde 1
Pequeno Auditório do TEMPO - Teatro Municipal de Portimão
Icons Nao Perder Valor 1
 Mediante Convite
Icons Nao Perder MaisInfo 1

 Organização: Alvor FM 90.1


Email