A não perder

LAST | São Castro e António M Cabrita

10 outubro

 

Colocar em paralelo a música e o corpo com todo o seu movimento torna difícil imaginar se será a dança a revelar as características intrínsecas da música, como se a traduzisse; ou a música que enaltece os movimentos do corpo e o dirige numa gestualidade musical. Tal como os antepassados acreditavam, a música torna os sentimentos visíveis, os movimentos reais: ouvimos a música, criamos a dança. Enaltecemos esta relação eterna e inevitável, mantendo a sua individualidade.
Last encerra em si a polaridade entre fim e continuação, tanto num sentido de ser último ou última, como na sua forma verbal de algo que perdura (to last). No ano da celebração dos 250 anos do nascimento de Beethoven, a obra musical Últimos Quartetos de Cordas é o principal condutor da coreografia. Escolha ditada pela sua complexidade, pela ousadia, pelos contrastes, pela poética, pela lógica da composição exposta por um homem irascível e imerso em surdez. Esta relação entre o corpo humano e a música torna-se ainda mais literal e visível com a interpretação ao vivo do Quarteto de Cordas de Matosinhos.

Direção e coreografia: São Castro e António M Cabrita
Interpretação: Ana Moreno, Ester Gonçalves, Laura Abel, Miguel Santos e Rosana Ribeiro
Música: Últimos Quartetos de Cordas, de Ludwig van Beethoven

Interpretação musical ao vivo
Quarteto de Cordas de Matosinhos:
Vitor Vieira e Juan Maggiorani (violinos),
Jorge Alves (viola),
Marco Pereira (violoncelo)

Espaço cénico, desenho de luz e figurinos: São Castro e António M Cabrita
Direção técnica e consultoria ao desenho de luz: Cristóvão Cunha
Produção: Companhia Paulo Ribeiro
Coprodução: Teatro Viriato, Teatro Municipal do Porto e São Luiz Teatro Municipal
Foto: (c) Carlos Fernandes

A Companhia Paulo Ribeiro é uma estrutura financiada pela República Portuguesa Cultura/Direção-Geral das Artes

O projeto Last tem o apoio do Município de Viseu, no âmbito do programa Viseu Cultura

 

 

Saiba tudo sobre esta iniciativa aqui. »»

 

 

 

Icons Nao Perder Quando   Quando

10 outubro, 21h30

Icons Nao Perder Onde    Onde

Grande Auditório do TEMPO - Teatro Municipal de Portimão 

65 min | M/6

 Icons Nao Perder Valor     Valor

12,00€ 
Lotação limitada, reduzida de acordo com normas da DGS
Bilhetes em tempo.bol.pt e na bilheteira do TEMPO

 Icons Nao Perder MaisInfo    Mais Info

282 402 475 l 961 579 917

teatromunicipaldeportimao.pt