A não perder

Estreia obra para Marimba e Sardinhofone, de Tiago Cutileiro, com Vasco Ramalho

27 de junho
 

O último dia do DPP Dias da Percussão Portimão 2021 é dedicado à música contemporânea para percussão.

A inspiração para a criação da obra musical para Marimba e “Sardinhofone”, adveio das tradições locais que pululam no território e na comunidade, enraizadas nos fluxos migratórios de grande parte do séc. XX, onde famílias vieram de todo o país para Portimão, em busca de uma vida melhor. Trabalhavam nas mais de 20 fábricas de conservas que se encontravam nas margens do Rio Arade.

A par da marimba, o instrumento de criação e interpretação é o Sardinhofone, idealizado e construído pelo portuense Flávio Monteiro, e dará assim vida a antigas latas de sardinha, transformando-as num instrumento musical.

Tiago Cutileiro, um dos compositores mais conceituados do panorama musical contemporâneo português, compõe uma obra inspirada no funcionamento das fábricas de conservas, em que o minimalismo associado ao labor fabril estará bem presente em termos estéticos de composição.
O projeto de criação tem a sua estreia no Museu de Portimão, também conhecida como antiga fábrica de conservas de peixe “São Francisco”, localizada na frente ribeirinha da cidade, e resultado de uma renovação do antigo edifício fabril, datado dos finais do séc. XIX.


Consulte a Programação AQUI.

Icons Nao Perder Quando 1

27 de junho | 15h00

Icons Nao Perder Onde 1
Foyer Exterior Museu de Portimão
Icons Nao Perder Valor 1

Gratuito
 M 6 | 0h20

Icons Nao Perder MaisInfo 1


E-mail: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
Org.: Corvo e a Raposa Associação Cultural com o apoio da Câmara Municipal de Portimão