Município de Portimão melhora parque escolar

Aposta na proteção civil como atividade complementar de ação educativa em todos os estabelecimentos de ensino.

O Município de Portimão promoveu ao final da tarde de 24 de outubro a cerimónia de boas vindas aos professores que lecionam nos estabelecimentos de ensino no ano letivo 2019/2020, tendo sido homenageados seis docentes que se aposentaram recentemente e apresentadas as linhas mestras do Programa Municipal de Sensibilização “A Escola e os Riscos - Preparar para Proteger”.

Antecedida pela atuação de um quarteto de cordas da Orquestra Clássica do Sul, a receção teve lugar no Hotel Pestana Alvor Praia e juntou cerca de 230 professores, que ouviram a professora Carla Almeida e o comandante Richard Marques, Coordenador Municipal da Proteção Civil, falarem sobre o programa “A Escola e os Riscos - Preparar para Proteger”, que envolve 19 entidades parceiras, 33 estabelecimentos de ensino, públicos e privados, e 467 turmas, perspetivando-se que chegue a mais de dez mil pessoas no ano letivo 2019/2020.

De resto, o Município tem vindo a promover nos últimos anos letivos uma oferta de atividades complementares de ação educativa em período curricular, estando a ser desenvolvidos diversos projetos, entre os quais o programa agora divulgado, a cargo da Proteção Civil Municipal, que pelo quinto ano consecutivo preparou um programa de sensibilização dirigido à comunidade escolar, tendo sido abrangidas desde 2014 mais de 40 mil pessoas.

Depois de realçar a importância deste projeto em termos da educação das crianças e jovens para o risco, Isilda Gomes, presidente da Câmara de Portimão, salientou o facto de os professores “contribuírem de forma decisiva para a construção de cidadãos, condição determinante para o futuro de todos, porque o melhor que temos são as pessoas e se não tivermos pessoas qualificadas e participativas, não temos nada.”

REMODELAÇÃO DE TRÊS EB1

A autarca garantiu que a criação de melhores condições de trabalho é uma das prioridades do Município, no que toca às condições ambientais, pedagógicas e educativas, concretamente ao nível de infraestruturas em que o estado de conservação não responda às exigências atuais, tendo sido recentemente beneficiados três estabelecimentos de ensino.

Nesse sentido, o Município de Portimão procedeu à requalificação das EB1 de Chão das Donas, da Coca Maravilhas e Major David Neto, que no total acolhem cerca de mil crianças, com um custo total de obras de 475.325,038 euros. A intervenção teve uma comparticipação comunitária aprovada, no âmbito do programa FEDER – Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional, no valor de 203.306,50 euros, através da candidatura “Remodelação e Modernização das EB1 do Chão das Donas, Coca Maravilhas e Major David Neto”.

No caso da remodelação operada nas EB1 de Chão das Donas (150 crianças) e da EB1 Coca Maravilhas (338 crianças), foram substituídas as coberturas de ambos os edifícios escolares, que eram antigas, desadequadas e estavam danificadas. Com esta intervenção os alunos podem beneficiar de melhores condições ambientais e de conforto térmico, favorecendo as condições de aprendizagem.

Quanto às intervenções realizadas na EB1 Major David Neto, vieram permitir melhorar as condições da prática de atividades lúdico-desportivas de âmbito curricular e extra curricular dos cerca de 500 alunos que frequentam este estabelecimento de ensino, que passou a ficar dotado de condições físicas para a prática de atividades de expressão físico-motora e de um recreio acessível, sem barreiras e condicionantes que interfiram nas condições de segurança dos alunos. Também foram criadas novas zonas de lazer e de merendas.

As obras enquadram-se num dos eixos prioritários do Programa Operacional CRESC Algarve 2020, relacionado com o investimento no ensino, na formação profissional e nas competências e aprendizagem ao longo da vida e vieram criar, acima de tudo, melhores condições físicas, ambientais e de funcionamento.

0
0
0
s2sdefault