Envelhecimento ativo e qualidade de vida são tema de debate

A oitava e penúltima edição do projeto Saber + para Viver Melhor irá decorrer no próximo dia 31 de outubro, a partir das 18h30, na Casa Manuel Teixeira Gomes, numa sessão de formação que versará o envelhecimento ativo e a qualidade de vida.

Para falar do tema, o painel terá como convidados Giovanni Cerullo, especialista de Medicina Interna do Centro Hospitalar Universitário do Algarve com área de interesse na Geriatria, e Carla Pires, diretora da licenciatura em Educação Física e Desporto no Instituto Superior Manuel Teixeira Gomes, ficando a moderação a cargo de Nuno Bernardino Vieira, responsável da Teia D’Impulsos – Associação Social, Cultural e Desportiva, que organiza a sessão em parceria com a Câmara Municipal de Portimão.

Este projeto, que se integra na programação da Cidade Europeia do Desporto 2019, tem por objetivo educar a população para a saúde e promover estilos de vida saudáveis, constituindo o tema proposto para esta quinta-feira um verdadeiro desafio para a sociedade atual, uma vez que vivemos um período de crescimento da esperança média de vida, o que nem sempre se alia ao aumento dos anos de existência com qualidade.

A Organização Mundial da Saúde define envelhecimento ativo como o processo de otimização das oportunidades para a saúde, participação e segurança, para melhorar a qualidade de vida das pessoas que envelhecem. Este conceito implica uma atuação multidisciplinar com o intuito de promover uma melhor qualidade de vida da população de 65 e mais anos e das suas famílias.

A participação nas sessões do projeto Saber + para Viver Melhor é de entrada livre e sem necessidade de inscrição prévia, tendo os participantes a oportunidade de colocar questões e dúvidas aos especialistas que compõem o painel de convidados.

 

0
0
0
s2sdefault