Portimão plantou 5.500 árvores

Nos dias 10 e 11 de novembro, mais de 650 participantes, entre voluntários, professores e alunos, plantaram 5.500 árvores no Barranco do Rodrigo em Portimão, no âmbito do projeto “Operação Montanha Verde 2019”, levada a efeito pelo Zoomarine.

No total, foram plantados 3.500 pinheiros-manso, 300 sobreiros, 150 oliveiras, 400 alfarrobeiras, 400 amieiros e 750 ciprestes.

No domingo, a ação contou com a participação de mais de cem voluntários e nesta segunda-feira estiveram presentes mais de 550 participantes, entre voluntários e alunos/professores dos Agrupamentos de Escolas da Bemposta, Júdice Fialho e Poeta António Aleixo, da Escola DUAL – Qualificação Profissional, Colégio do Rio, Colégio Ti-Té, do Instituto de Emprego e Formação Profissional e dos Centros Comunitários de Portimão.

Esta ação, iniciada em 2018 com a plantação de 5.000 árvores em dois locais de Portimão (Ponto de Apoio Naval de Portimão e num terreno junto ao Autódromo Internacional do Algarve), terá continuação no próximo ano com a plantação de mais 5.000 árvores num ou em mais locais de Portimão, enquanto nos locais plantados poderão ser repostas árvores, caso haja unidades que não vinguem.

A 22 de novembro, véspera do Dia Nacional da Floresta Autóctone, está prevista uma ação de replantação de árvores – pinheiros-mansos e ciprestes – no Ponto de Apoio Naval de Portimão, que contará com a presença de uma turma do ensino profissional da Escola Secundária Poeta António Aleixo, numa colaboração entre o Município de Portimão, Marinha Portuguesa e Zoomarine.

Idealizada e promovida pelo Zoomarine, através da sua filosofia “Together We Protect”, em prol da cidadania pelo Ambiente, a “Operação Montanha Verde”, que teve a sua primeira edição em 2016, em paralelo com a “Operação Praia Limpa”, visa a proteção coletiva dos valores naturais da região Algarvia, e em 2019, em parceria com os Municípios e respetivas Câmaras Municipais e Proteção Civil dos concelhos de Portimão, Monchique, Silves, Lagoa, Olhão, São Brás de Alportel, Tavira e Loulé, visou a plantação de 42 mil árvores, num importante gesto de reflorestação do Algarve.

Com o alto patrocínio do Presidente da República, esta iniciativa contou ainda com o apoio da ALGAR (que cedeu graciosamente o composto orgânico intitulado Nutriverde para a plantação das árvores), da Região de Turismo do Algarve, Águas do Algarve, Vila Vita Parc Resort & Spa, Horto Natureza e Florestas do Algarve e Ordem dos Biólogos.

 

0
0
0
s2sdefault