Portimão apoia o “Prato Certo” e lança ações de educação alimentar em escolas e instituições de apoio social

Foi apresentado publicamente no passado dia 6 de março no Salão Nobre dos Paços do Concelho projeto de inovação social “O Prato Certo” em Portimão que durante este ano visa colocar a alimentação saudável, económica e apetitosa no centro da vida da comunidade dotando-a de ideias e instrumentos que ajudem os indivíduos, famílias cuidadores e técnicos para que façam escolhas certas à mesa.

Este projeto promovido pela Associação In Loco e cofinanciado pelo Portugal Inovação Social tem como um dos principais investidores sociais o Município de Portimão e irá levar o Prato Certo Sobre Rodas junto das escolas, de cuidadores, dos “avós” e da comunidade em geral.

Na ocasião foi apresentada a UMEA- Unidade Móvel de Educação Alimentar uma espécie de “cozinha sobre rodas” onde uma equipa composta por nutricionistas, ‘chefs’ e educadores irá sensibilizar toda a comunidade para necessidade crescente de uma alimentação saudável.

ESCOLHAS CERTAS À MESA

A presidente da Câmara de Portimão, Isilda Gomes, justificou esta aposta pelo facto de a alimentação saudável ser “cada vez uma preocupação no dia-a-dia de todos nós, devendo as escolas preparar ementas saudáveis nas cantinas”.

A autarca sublinhou a relevância do projeto, “numa época em que o tempo é muito limitado para os pais e as crianças poderão representar um fator de dinamização para escolhas certas à mesa, que beneficiem toda a família ao nível da saúde.”

Para Isilda Gomes, “esta não é uma responsabilidade só das escolas, mas sobretudo da autarquia, que deverá ter disponibilidade permanente para trabalhar em prol da saúde dos nossos jovens. Se eles forem orientados para uma alimentação cuidada, quando atingirem a maioridade já terão interiorizado este mecanismo e serão eles próprios a fazer com que as coisas aconteçam.”

REABILITAR A DIETA MEDITERRÂNICA

Depois de explicar a metodologia do projeto, o presidente da Associação In-Loco, Artur Gregório, defendeu que se pretende “contrariar a iliteracia alimentar, levando à comunidade as ideias e os instrumentos que permitam voltarmos a ter controlo sobre o que comemos e a fazer escolhas fundamentais para uma alimentação equilibrada, saudável e económica, de modo a que se recupere a visão do que é o prato certo."

Na perspetiva do responsável associativo, "queremos desmistificar mitos e reabilitar junto das pessoas a alimentação equilibrada e de qualidade, através de exemplos práticos confecionados junto de grupos de risco identificados, como os jovens e os seniores, privilegiando os princípios da dieta mediterrânica, que está na base da nossa matriz cultural."

AGENTES LOCAIS DO PRATO CERTO SOBRE RODAS 

Durante este ano estão previstas mais de vinte ações de sensibilização do “Prato Certo sobre Rodas” em Portimão, sendo que para a implementação deste projeto no terreno o Município irá contar com o apoio de várias Instituições de apoio social, escolas, bem como de alguns serviços da autarquia.

O Prato Certo sobre Rodas nas Escolas conta com o apoio e a participação ativa da Escola Secundária Poeta António Aleixo e da EB 2,3 D. João II Alvor enquanto que para sensibilizar os cuidadores para a importância de uma alimentação saudável, o projeto contará com o envolvimento das Santas Casas da Misericórdia de Portimão e de Alvor, do Centro de Apoio a Idosos de Portimão e da Aldeia de S. José de Alcalar.

A importância da educação alimentar torna-se ainda mais pertinente ao nível de grupos vulneráveis e nesse sentido haverão ações “Prato Certo sobre Rodas para cabazes sociais” que irão envolver um grupo de Instituições de solidariedade social com ação a este nível, como o GRATO - Grupo de Apoio aos Toxicodependentes, a Caritas, a Associação Flor Amiga, Delegação de Portimão da Cruz Vermelha, ADRA – Associação Adventista para o Desenvolvimento, Recursos e Assistência; a CRACEP – Cooperativa de Reeducação e Apoio à Criança Excepcional de Portimão; o Centro Paroquial da Igreja do Amparo e o Banco Alimentar do Algarve.

Tendo como missão apoiar o Prato Certo sobre Rodas para os Avós e Pais&Filhos estarão também envolvidos diretamente no projeto vários equipamentos municipais como é o caso do Centro de Convívio Sénior de Portimão; Centro de Convívio da Aldeia das Sobreiras; Centro Comunitário do Pontal; Centro Comunitário da Cruz da Parteira e o Centro Comunitário da Coca Maravilhas, bem como a Quinta Pedagógica de Portimão e Mercado Municipal de Portimão que será palco de ações não só dirigidas para a comunidade como também para os operadores.

Em complemento, foi criada uma página específica no site do Município de Portimão, na qual é possível consultar o programa das ações a decorrer no concelho ao longo de 2020, entre outras informações úteis»» https://www.cm-portimao.pt/menus/servicos/acao-social/o-prato-certo

“O Prato Certo” conta ainda com o apoio, a nível regional, por parte da Universidade do Algarve, da Administração Regional de Saúde do Algarve, da Associação de Municípios do Algarve e do Centro Distrital de Solidariedade e Segurança Social, além dos 13 dos 16 municípios algarvios, estando desde já programadas para este ano cerca de 80 ações em toda a região.

0
0
0
s2sdefault