1º Bootcamp de Aceleração Online do Algarve chega ao fim com apresentação de 12 projetos empreendedores

O secretário de Estado para a Transição Digital vai participar, a 5 de mmio, no encerramento virtual, aberto ao público, do 1º Bootcamp de Aceleração Online do Algarve, cujo programa inclui a talk sobre Objetivos de Desenvolvimento Sustentável e o painel “O futuro das Smart Cities”.

Depois do sucesso da primeira fase, realizada nos dias 21 e 22 de abril, o 1º Bootcamp de Aceleração Online do Algarve regressará a 4 e 5 de maio, quando as 12 startups selecionadas apresentarem os seus pitches para avaliação do conceituado painel de jurados.

A sessão de encerramento do 1º Bootcamp de Aceleração Online do Algarve, promovido pela StartUp Portimão, será aberta ao público e está marcada para as 15h00 de 5 de maio, com a participação de André de Aragão Azevedo, secretário de Estado para a Transição Digital, Isilda Gomes, presidente da Câmara Municipal de Portimão e Teresa Preta, CEO dos Territórios Criativos.

Do programa faz parte uma talk sob o tema “ODS - Objetivos de Desenvolvimento Sustentável”, a cargo de Pedro Neves, consultor da UNECE – Comissão Económica das Nações Unidas para a Europa, e o painel “O futuro das Smart Cities”, que contará com a presença dos especialistas Cláudia Leitão, ex-secretária de Estado da Economia Criativa do Brasil, Pedro Neves, António Bob Santos, da Agência Nacional de Inovação e José Maia, fundador da GMT Hospitality.

Segue-se, por volta das 17h45, a apresentação dos 12 projetos de empreendedorismo selecionados para este Bootcamp, movimentando-se as startups escolhidas em atividades como a criação de experiências turísticas imersivas, plataformas web e aplicações móveis relacionadas com gestão de alojamento, estacionamento e carga de veículos, guia de turismo e serviços de animais de estimação. Também são abrangidas áreas de negócio como uma cloud de documentos educativos, a consultoria de branding e comunicação digital para marcas de luxo, um centro físico de formações no âmbito das tecnologias de informação e um projeto de educação, saúde e bem-estar que explora as tradições e propriedades da árvore do medronho.

Os projetos serão avaliados por um júri internacional, composto por Ana Barjasic (CEO da Connectology), Buke Cuhadar (vice-presidente da Global Entrepreneurship Network), Daniel Neagoe-Bacanu (presidente da Forever for Europe Association), Francesco Berrettini (CEO da Algarve STP), Isabel Neves (presidente do Business Angels Club de Lisboa), Miguel Barbosa (diretor de investimento no Turismo da Portugal Ventures), Paulo Pinheiro (administrador da Parkalgar e CEO do Autódromo Internacional do Algarve) e Roberto Antunes (diretor executivo da NEST – Tourism Innovation Center Portugal).

Para inscrição nas sessões online abertas ao público, os interessados poderão aceder ao link bit.ly/conf_smartcities_sp

PROGRAMA DE INVESTIMENTO “+PLUS”

No dia 4 de maio, pelas 9h30, realiza-se uma sessão aberta ao público sobre “Investimento de Impacto como resposta à economia local”, na qual será apresentado o projeto Casa do Impacto, da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa, e o programa de investimento “+Plus”, que distribui anualmente 500 mil euros para apoiar ideias com potencial de impacto social e ambiental. Nesta sessão, que contará com a participação de Inês Sequeira, diretora deste projeto, e de Nelson Horta, coordenador da Casulo, incubadora de Inovação Social Loulé/Algarve, será discutida a importância das startups no desenvolvimento de projetos com potencial de impacto social e ambiental no contexto dos ODS, como soluções para dar resposta à realidade gerada pela Covid-19. A moderação da sessão estará a cargo de Teresa Preta, CEO dos Territórios Criativos, podendo ser visualizada através do link https://bit.ly/BootcampSTP_4MAY

Este será um dia em que todos os participantes no Bootcamp irão ultimar as suas apresentações através de sessões de speed mentoring e pitch stations, durante as quais os empreendedores receberão feedback de um conjunto de mentores, das mais diversas áreas, no sentido de efetuarem os últimos ajustes antes da apresentação final marcada para o dia 5 de maio.

O speed mentoring tem já confirmados os seguintes mentores: Bárbara Leão de Carvalho (Estratégia de Marketing Consciente), da Biovilla e partner dos Territórios Criativos; Carlos Cano Vieira, do ISMAT ao nível da Estratégia Empresarial e Liderança; Carolina Travassos, do IPAMEI na área do Financiamento e Incentivos; Décio Correia, da Martínez-Echevarría & Ferreira Advogados, na área da Governança Corporativa; Erik Brits, no Investimento e Negócios, da RDE Investments; Frederico Lucas, no Investimento Rural e Empreendedorismo Social, da Novos Povoadores; Hernâni Sousa, da Yellow Fish Travel para a área de Marketing e Vendas; José Maia, da GMT Hospitality para a área de Turismo e Hotelaria; José Roberto, da MRG - Sociedade de Revisores Oficiais de Contas, na Contabilidade, Auditoria e Projetos de Investimento; Maria Loureiro de Lemos, Eat.Drink.Discover para a área da Estratégia de Branding, Marketing e Comunicação; Pedro de Sousa Santos, da Splendid Time Consultores e Mybizzconsulting , especialista em City Marketing; Raquel Melo, da Inboundware, ao nível de Marketing Digital e Marketing de Atração; Ricardo Oliveira (Gestão Estratégica e Investimento), Ph.D em Engenharia e Gestão (Instituto Superior Técnico, Universidade de Lisboa), diretor da Licenciatura em Gestão do Turismo do ISMAT e coordenador do Empreendedorismo e da Inovação, na Escola de Hotelaria e Turismo de Portimão; Rudelee Merks, da Greenpoint Coworking, na Gestão de Negócios; Susana da Gama Nunes e Luís Sommer Ribeiro, ambos da Gastão Cunha Ferreira, nas Marcas e Patentes.

EXPERIÊNCIA INSPIRADORA

Em termos de balanço da primeira fase do Bootcamp, ocorrida nos passados dias 21 e 22 de abril, os organizadores sublinham que, “depois de 21 horas intensas, o resultado final não podia ser melhor: 12 startups, sete mentores, 13 talks, oito oradores e, como não poderia deixar de ser, momentos de teamwork, networking e muita partilha de experiências”, o que terá constituído “um verdadeiro sucesso.”

Na sessão de abertura tomaram parte João Gambôa, vereador da Câmara Municipal de Portimão, Paulo Pinheiro, administrador da Parkalgar e CEO do Autódromo Internacional do Algarve, e Luís Matos Martins, CEO dos Territórios Criativos, para quem “estamos numa fase de mudança, mas que também pode representar uma boa oportunidade”, na qual “podemos criar impacto num projeto ou num negócio.”

O Bootcamp decorreu na plataforma Zoom e contou com a presença de outros oradores como André Abreu, COO da Sensaway, João Pereira, docente no IPAM e Porto Business School e diretor da Portugal Ventures, Maria Loureiro de Lemos, CEO e co-fundadora da Eat.Drink.Discover, Paulo Andrez, presidente da Toys R Us Iberia Holdings e Teresa Preta, CEO dos Territórios Criativos.

MOTIVAÇÃO E REINVENÇÃO

Considerado como peça fundamental no ciclo que se seguirá à atual pandemia, o tecido empresarial e empreendedor encontra-se em fase de adaptação. Mesmo assim, houve 29 candidaturas ao Bootcamp, das quais foram selecionadas 12 startups, em áreas bastante afetadas pela Covid-19, como as Smart Cities (nas categorias do Turismo, Mobilidade, Governança e Qualidade de Vida), o Marketing a Educação e Formação e a Saúde e Bem-Estar. No entanto, o espírito comum a todos os participantes passa pela motivação e reinvenção dos seus negócios.

De acordo com a StartUp Portimão, “nestes dois dias de inspiração, não faltaram o trabalho de equipa e a partilha de dicas, experiências e conhecimento, tudo com o objetivo final de ajudar na aceleração das startups.”

A empreendedora Carla Pita, da startup Real Life Concierge, sintetizou a opinião geral, ao afirmar que foram superadas as suas expetativas: “A qualidade dos oradores e mentores foi excecional e o bootcamp online representou uma fabulosa oportunidade de aprendizagem e de crescimento empresarial, num momento tão sensível e perplexo como o atualmente vivido devido à pandemia.”

0
0
0
s2sdefault