"Com a Corona aos Saltos”, a nova produção da revista à portuguesa do Boa Esperança promete gargalhadas de duas variantes

17.03.2022

O Boa Esperança Atlético Clube Portimonense, depois de dois anos de interregno, “mandou o vírus embora” e agendou para as 21h30 de 9 de abril a estreia da revista à portuguesa “Com a Corona aos Saltos” que ficará em cena na sala de espetáculos da coletividade até 29 de maio próximo.

Sob o tema "Com a Corona aos Saltos”, a atualidade noticiosa volta a inspirar as divertidas rábulas, com oportunos e certeiros apontamentos sobre o quotidiano de Portimão e suas gentes, mantendo viva uma tradição com mais de meio século, através da crítica bem-humorada.

Iniciativa originalmente carnavalesca, a revista à portuguesa do Boa Esperança tem evoluído e já se transformou num espetáculo com projeção nacional. Exemplo disso é este novo desafio, cheio de humor e ritmo, onde o espetador acompanhará a “Excursão Mimi” onde todos reclamam pelo melhor lugar para verem em palco um Vírus de seu nome “Maricon” que promete não infetar ninguém. Um “Pesadelo na Roulotte” onde o chefe “Lubomir” tem sempre solução, seja com seringonho ou malacueco, ou uma bifana sempre à mão. “Num Jardim Paraíso” com namoros e aventuras, uma homenagem será feita, bem justa e merecida a uma “Estátua Esquecida”. “E o Burro Sou Eu?” diz o cigano Almerindo a cantar. No “Condomínio Vale de Rego” a desordem é mais que muita, com o fadinho a acompanhar, para pagar o condomínio é que nem pensar. Numa grande apoteose “Aqui Está Dona Revista“, que com plumas será vestida, brilhos e purpurinas, recebendo aplausos para atores, técnicos e bailarinas.

Com textos e letras originais de Carlos Pacheco, o espetáculo será representado pelo próprio autor, à frente de um elenco composto por Telma Brazona, Flávio Vicente, Sandra Rodrigues, Soraia Correia, João Martins, Mariana Jobling, Catarina Duarte, Lara Guerreiro, Rita Ferreira e Vânia Lourenço.

As atuações terão lugar às sextas-feiras e sábados, a partir das 21h30, e nos domingos às 15h00 e às 17h30, podendo os bilhetes ser reservados entre as 15h00 e as 21h00 pelo número 967188290 para onde deverão ser solicitadas informações complementares.

Localizado no centro da cidade, o Boa Esperança Atlético Clube Portimonense através da sua nova produção pretende igualmente dinamizar o setor artístico e cultural ainda em recuperação e criar um novo fôlego aos portimonenses e visitantes, que se viram impedidos de assistir aos espetáculos culturais.

93ª Aniversário do Boa Esperança
De referir ainda, que no dia 6 de maio, o Boa Esperança Atlético comemora 93 anos de vida. A coletividade de cultura e recreio foi fundada em Portimão, a 4 de maio de 1929, e tem promovido diversas iniciativas que marcaram a vida da cidade. Nos últimos anos, o clube tem sido dinamizado por Carlos Pacheco, que tem conseguido levar a bom porto e além concelho o nome do Boa Esperança, seja com a tradicional revista à portuguesa, seja com a escola de danças de salão, a escola de fado, mas também com outras iniciativas culturais ou de solidariedade social.