Bibliotecas Escolares de Portimão celebram a Semana da Leitura sob o mote “Liberta o Leitor que há em ti”

De 5 a 13 de março, as Bibliotecas Escolares do Pré- Escolar e do 1º Ciclo do Ensino Básico do concelho de Portimão vão ser palco da 12ª edição da Semana da Leitura com a participação das escritoras Manuela Ribeiro e Sofia Furtado.

Promovida pela Biblioteca Municipal Manuel Teixeira Gomes em colaboração com as bibliotecas escolares, a Semana da Leitura assinala-se a nível nacional no âmbito do Plano Nacional de Leitura com o intuito de celebrar a leitura e os livros, este ano sob o mote “Liberta o Leitor que há em ti”. Nesta edição pretende-se promover o estudo e a divulgação da obra de um escritor, selecionado no início de cada ano letivo, envolvendo os alunos, os professores, a biblioteca escolar e a comunidade educativa. O estudo da obra do autor é integrado nas atividades da escola/biblioteca, para esse ano letivo, através de leitura individual ou coletiva, dramatizações, concursos diversos, feiras do livro. O projeto culmina no encontro com o escritor, que passa em cada biblioteca escolar.

Manuela Ribeiro nasceu nas Caldas da Rainha, é licenciada em Estudos Germanísticos e foi ainda bolseira do governo holandês, tradutora e atualmente é professora de Inglês e Português, sendo igualmente coordenadora do Projeto de Ensino de Português Língua Não Materna. Manuela Ribeiro é autora de diversos livros para a adolescência e juventude, com destaque para a coleção “Aventuras de Miguel e Ricardo”, já com dez títulos editados e alguns reeditados. Mais recentemente começou a escrever também para o público infantil em idade pré-escolar com assinalável êxito, tendo publicado “A Plantinha dos Meus Pais” e “Castanho e Branco”. O seu último livro infantil chama-se “Uma Letra, Mil Palavras”. Manuela Ribeiro irá assim dinamizar várias sessões de promoção da leitura junto de alunos, que segundo a escritora: “Não existe nada mais agradável do que o contacto com os leitores em escola ou bibliotecas.”

Sofia Furtado nasceu em Loulé em 1978 e vive em Lagos. Licenciou-se em Educação Especial e Reabilitação e começou a trabalhar de perto com crianças e idosos. O despertar para a literatura infantil foi acontecendo com o crescimento do filho, que a certa altura não pedia para que a mãe contasse histórias, mas que as inventasse. A escritora vai às Bibliotecas escolares do Pré Escolar apresentar a obra “Mel, uma abelha especial”.

O programa para a 12ª Semana de Leitura nas Bibliotecas Escolares do 1º Ciclo de Portimão contemplará a EB1 da Pedra Mourinha e a EB 1Chão das Donas no dia 5 março, a EB1 Coca Maravilhas e a EB 1 Vendas no dia 6 de março e a EB 1 Major David Neto no dia 7 de março. No dia 8 de março a escritora estará em quatro escolas, nomeadamente na EB1 de Alvor, na EB 1 Montes de Alvor, na EB1 Mexilhoeira Grande e a EB1 da Figueira. No dia 9 março, contará muitas histórias na EB 1 do Centro Escolar do Pontal.

No que concerne às Bibliotecas do Pré-Escolar, a escritora Sofia Furtado vai dinamizar algumas sessões com a apresentação do livro “Mel, uma abelha especial”, estando já agendado para o dia 9 de março, a Biblioteca Escolar da Coca Maravilhas e a Biblioteca Escolar de Vendas. No dia 12 de março a escritora vai celebrar a leitura na Biblioteca Escolar da EB1 de Alvor e no Jardim de Infância Montes de Alvor.
                                    
De referir que esta iniciativa promove o estudo e a divulgação da obra de um escritor selecionado no início de cada ano letivo, envolvendo alunos, professores, biblioteca escolar e comunidade educativa. O estudo da obra do autor é integrado nas atividades da escola/biblioteca, para esse ano letivo, através de leitura individual ou coletiva, dramatizações, concursos diversos, feiras do livro. O projeto culmina no encontro com o escritor, que passa um dia em cada biblioteca escolar.

Esta é uma ação de promoção do livro e da leitura da iniciativa da BMMTG em colaboração com as Bibliotecas Escolares do concelho que realça a importância de como uma história é revelar segredos, é seduzir o ouvinte, é convidá-lo a apaixonar-se pelo livro, pela história e pela leitura.

 

 

0
0
0
s2sdefault